Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Bebês correm perigo! O novo código penal é o novo código da morte de inocentes!

 

IPCO

O tempo de um Brasil em que a vida humana é segura está acabando.

Eu não estou falando da onda de criminalidade que se espalha pelo País. Eu me refiro a algo MUITO MAIS GRAVE, que tornará o crime em... LEI.

Sim. É o que vai acontecer se o Novo Projeto de Código Penal for aprovado como está.

E essa aprovação está sendo tramada na calada da noite.

A imprensa já começou a divulgar que o Congresso Nacional dificilmente irá votar o anteprojeto do Novo Código Penal este ano, por conta das eleições municipais.

Você acredita nisso? (Então aja agora mesmo!)

Essa manobra já foi utilizada em diversas ocasiões em nossa história, mas... No tempo em que não havia Internet, não havia comunicação rápida...

... E gente como eu e você não nos conhecíamos e nem tínhamos contato como agora.

Como você certamente sabe, estamos em campanha contra esse absurdo anteprojeto que, entre outras medidas, pretende descriminalizar o aborto em muitos casos.

(Entenda mais sobre o anteprojeto aqui!)

Mais de 60 mil pessoas assistiram ao filme “Diga Não à Cultura da Morte” e acima de 20 mil resolveram descruzar os braços e entrar nessa luta assinando a:

Petição ao Presidente do Congresso Nacional para que a vida seja defendida na Reforma do Novo Código Penal Brasileiro.

Mas é preciso muito mais para pressionar os políticos.

Sobretudo os covardes, os "maria-vai-com-as-outras", que preferem desagradar a você que os elegeu, do que o seu amigo de partido ou quem lhes consegue vantagens, nem sempre honestas.

Veja aqui como você pode fazer sua voz valer!

Vamos, juntos, fazer um grande esforço para aumentar consideravelmente o número de Petições assinadas contra o anteprojeto do Novo Código.

Quanto maior o número de assinaturas, maior a pressão sobre o Congresso Nacional e, sobretudo nos políticos omissos e desinformados, que deixam as coisas correrem ao bel prazer de uma minoria.

Não podemos admitir, de braços cruzados, a implantação da cultura da morte no Brasil.

Assista ao filme “Diga Não à Cultura da Morte”.

Portanto, Máximo, reforço meu pedido de sua participação ativa, para que façamos um
esforço especial antes da votação do Novo Código.

Indique o filme “Diga Não à Cultura da Morte” a todos os seus contatos.

Explique para eles o que está prestes a acontecer no Brasil, se ficarmos omissos como os políticos covardes.

Não vamos deixar que uma minoria de burocratas de Brasília determine o que é bom
para você, para mim, para nossas famílias
.

Recomende este filme ao máximo de pessoas possível. Diga a elas que você não se omitiu,
que você defendeu a vida
, com um simples clique, e que elas podem e devem fazer o mesmo.

Atenciosamente,

Mario Navarro da Costa
Diretor de Campanhas do
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".