Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Farc explodem crianças em pequena cidade colombiana

 

MÍDIA A MAIS

13 | 07 | 2012

Por: Redação Midia@Mais

Inevitavelmente vistos com certa simpatia por esquerdistas brasileiros em geral, guerrilheiros das Farc explodiram uma “moto-bomba” em El Prateado (departamento de Cauca), matando uma criança e ferindo gravemente outras cinco. Tudo pela revolução, como é bem sabido.

A explosão aconteceu um dia antes de o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, liderar um conselho de ministros no mesmo departamento, onde vêm sendo registrados vários ataques guerrilheiros e choques com o Exército desde a semana passada. As crianças feridas pela explosão foram transferidas a Popayán, a capital do departamento, e, segundo disse ao diário "El Tiempo" Elio Andrade, prefeito do município de Argelia, ao qual pertence El Prateado, uma delas permanecia em estado grave.

É o que informa a notícia publicada pelo Estadão, que pode ser lida na íntegra aqui: http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,motocicleta-bomba-das-farc-mata-uma-crianca-e-fere-outras-cinco-na-colombia,898505,0.htm.

Quem escolher nas proximas eleicoes?

 

Publicado em 13/07/2012 por diogowaki

1. A quem aproveita o show ridículo de destruição de armas no Rio de Janeiro?
2. ONU quer assinar um tratado de proibição de armas de uso pessoal.
3. Qual é o critério que devo utilizar para escolher o bom candidato nas próximas eleições?

Felipe Neto fala dos fascistas, radicais e idiotas que estão comentando no YouTube

 

Minha observação: faltou falar que adultos retardados e melados usam as suas caras gordas para, diretamente ou indiretamente, iniciar o ataque às pessoas, idéias, canais...

 

Não Faz Sentido! - COMENTÁRIOS IDIOTAS NO YOUTUBE!


Publicado em 09/07/2012 por felipeneto

Facebook: http://www.facebook.com/nfazsentido
Acesse: http://www.parafernalha.com.br
Inscreva-se: http://www.youtube.com/canalparafernalha

Curta no Facebook:
http://www.facebook.com/nfazsentido
http://www.facebook.com/parafernalha
http://www.facebook.com/netofelipe

Siga-me no Twitter:
http://www.twitter.com/felipeneto

Baixe o aplicativo para iPhone e iPod:
http://migre.me/2hLbw

Inscreva-se no canal e receba as atualizações de vídeos! É só criar uma conta no Youtube e clicar lá em cima no botão "Inscrever-se", yuhu!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Ricardo Gama contra as Hienas Impiedosas

 

 

Publicado em 12/07/2012 por CasandoOVerbo

http://twitter.com/JaysonRosa
http://www.facebook.com/CasandoOVerbo

"A injustiça feita a um é uma ameaça para todos." Montesquieu

CHÁVEZ LANÇA PROPOSTA DE GOVERNO 2013-2019 QUE TRANSFORMA VENEZUELA NUMA REPÚBLICA COMUNISTA!

 

BLOG DO ALUIZIO AMORIM

Quinta-feira, Julho 12, 2012

Acima Hugo Chávez atualmente, abaixo o Chávez quando era um jovem e que aparece nas propagandas eleitorais e na capa do Plano de Governo que pretende transformar a Venezuela numa República Comunista do tipo cubano.

O caudilho Hugo Chávez lançou nesta quinta-feira o seu plano de governo denominado Proposta do Candidato da Pátria para Gestão Bolivariana Socialista 2013-2019.

O plano em forma de libreto e também veiculado em PDF está presente em todos os veículos de comunicação da Venezuela nesta quinta-feira e traz na capa uma foto de Chávez quando deveria ter a idade de seu oponente, Henrique Capriles Radonski. Aliás, toda a propanda que entope as ruas das cidades venezuelanas mostra um Chávez jovem, saudável e sorridente. Mesmo com maquiagem, pintura dos cabelos e iluminação apropriada mais os recursos do PhotoShop não conseguem dissimular a realidade: Chávez está detonado pelo câncer, o que obriga a seus marketeiros usarem as fotos dos tempos de juventude de Chávez. 

O conjunto da obra é grotesco e o conteúdo antecipa que, caso Chávez esteja de pé em 7 de outubro e vença a eleição, a Venezuela será transformada em mais uma República Comunista. O termo bolivariano é apenas para suavizar a realidade, ou seja, a maquiavélica construção de uma República Comunista do tipo cubano. Um eventual novo mandato de Chávez seria a segunda fase da implantação de um Estado socialista.

Se a oposição venezuelana estava em busca de um argumento defintivo para derrotar o tiranete bolivariano basta que troque em miúdos o plano de governo chavista de forma didática e mostre ao povo venezuelano, principalmente as camadas menos esclarecidas da população que, no final das contas, são as que mais sofrerão com o sistema comunista planejado pela camorra chavista. Quem tiver alguma condição econômica deixará a Venezuela, caso Chávez vença o pleito. Não há a menor dúvida que ocorrerá uma imigração em massa, como houve em Cuba.

Para ler a proposta completa do plano de Chávez clique neste link e abra o arquivo em PDF postado pelo jornal El Universal: ProPuesta del Candidato de la Patria Comandante Hugo CHávez
TAMBIÉN PUDE HACER CLIC AQUI en directo a El Universal

Vaticano: Papa critica cultura que apresenta «mentira» como verdade e «informação»

 

AGENCIA ECCLESIA

 

Bento XVI inaugurou congresso da Diocese de Roma

D.R.

Roma, 12 jun 2012 (Ecclesia) – Bento XVI criticou esta segunda-feira à noite a cultura em que a “mentira” se apresenta com “a veste da verdade e da informação” e desafiou os católicos a “renunciar à sedução do mal”.

Na abertura do congresso eclesial da Diocese de Roma, que se prolonga até quarta-feira, o Papa, citado pela Rádio Vaticano, aludiu à necessidade de emancipação de “um modo de vida em que não conta a verdade, mas a aparência, o efeito, a sensação”.

Falando de improviso, Bento XVI apontou o dedo a “uma cultura que não procura o bem, cujo moralismo é uma máscara para, na realidade, confundir, criar confusão e destruição”.

“Contra esta cultura que procura apenas o bem-estar material e nega Deus, digamos ‘não’”, pediu aos presentes.

O Papa apresentou uma reflexão centrada no batismo católico, sublinhando que “viver na liberdade” não é, “como hoje se entende, emancipar-se da fé e, no fim de contas, emancipar-se de Deus”.

“Deus ama-nos, fez-se vulnerável até à morte por nós e feri-lo com o pecado é viver contra nós mesmos e contra a nossa liberdade”, prosseguiu, alertando para “o poder do maligno, que se quer tornar Deus neste mundo”.

Bento XVI foi acolhido pelo cardeal Agostino Vallini, seu vigário para a diocese da capital italiana.

“Roma ama o Papa e defende-o como um dom de Deus”, disse o prelado, na sua saudação introdutória.

A reflexão papal concluiu-se com uma questão sobre o batismo das crianças, que Bento XVI considera não ser “contra a liberdade” mas “uma garantia do bem de Deus e da sua proteção sobre a vida”.

RV/OC

Radicais intolerantes boicotam internet, e censurar conteúdeos que contrariem suas opiniões

 

MÉDICO AFIRMA QUE CÂNCER DE CHÁVEZ É INCURÁVEL E QUE POSTERIOR RECAÍDA É INVEVITÁVEL. ESTERÓIDES APENAS MASCARAM ESTADO DE SAÚDE DO CAUDILHO.

 

BLOG DO ALUIZIO AMORIM

Quinta-feira, Julho 12, 2012

Chávez com a irmã do falecido presidente argentino Nestor Kirchner, Alícia Kirchner (Foto do jornal ABC Espanha)

O médico venezuelano radicado nos Estados Unidos, José Rafael Marquina, explica em entrevista ao jornal espanhol ABC que o câncer que acomete Hugo Chávez é incurável e que o caudilho se esforçará para chegar em boas condições físicas às eleições de 7 de outubro. Todavia, o médico adverte que a recuperação de Chávez é apenas aparente e sua posterior recaída é inevitável.

Marquina, médico venezuelano especializado em cuidados ingtendsivods e medicina pulmonar, profedssor da Nova Univeersity en Naples, Florida (EUA), denuncia que sua família está sendo perseguida pela polícia política de Chávez, pelo fato de informar sobre o câncer do caudilho. Marquina é um dos poucos especialistas que recebe informação confidencial sobre a situação da saúde de Chávez.

Transcrevo no original em espanhol, parte inicial da entrevista de Marquina com link ao final para leitura completa. Leiam:

O médico José Rafael Marquina

El médico José Rafael Marquina, a quien el secretismo que rodea al estado de salud de Chávez ha convertido en oráculo sobre su enfermedad, explica a ABC que el presidente de Venezuela hará un esfuerzo para llegará en buenas condiciones físicas a las elecciones del 7 de octubre, pero que su recuperación sólo es aparente y su posterior recaída, inevitable. Médico venezolano especializado en cuidados intensivos y medicina pulmonar, profesor de la Nova University en Naples, Florida, Marquina denuncia que su familia y sus contactos han sufrido el acoso de la policía política venezolana por informar sobre el cáncer de Chávez. Marquina es uno de los pocos especialistas que recibe información confidencial del presidente venezolano.

—Chávez se ha mostrado estos días en buena forma física. ¿Podemos decir que se ha recuperado?

—No, su cáncer es incurable. Pero ha entrado en remisión.

—Chávez se burla de esos «famosos médicos» que le dan por muerto.

—El cáncer de Chávez es incurable. El tumor está en remisión, es decir, disminuye en tamaño, pero las células cancerosas están ahí, no han sido eliminadas tras las intervenciones. La tercera operación no le pudo eliminar el tumor a pesar de la quimioterapia.

—¿Qué pasó entonces?

—A Chávez le dan quimio durante varios días. Y tras esa intervención, por supuesto va a tener una respuesta positiva por muy agresivo que sea el tumor.

—¿En qué estado se encuentra entonces el tumor tras la quimio?

—Según el último examen que se le hizo, el tumor no ha disminuido ni aumentado de tamaño.

—¿Cuándo se hizo la ultima tomografía?

—Se la hizo el 9 de junio en el caraqueño Hospital Militar, hace tres semanas, y los resultados mostraban que no tenía mejoría, no había cambios en el tumor.

—¿Pero cómo puede ser entonces esa mejoría física que muestra en público?

—El problema es que la gente piensa que los pacientes de cáncer muestran los síntomas de su enfermedad, y no es así. Los enfermos de cáncer muestran su agonía al final del proceso.

—Pero no está en fase terminal en estos momentos.

—Lo que se comenta es que Chávez puede tener una recaída a partir de diciembre.

—Parece que usted se equivocó cuando dijo que a partir de julio o agosto de este año se evidenciaría el deterioro de su salud. Ahora dice que será en diciembre.

—No me he equivocado, físicamente ha mostrado cambios. Pero el deterioro puede ser más evidente a partir del próximo año.

—Ante las cámaras Chávez muestra un buen aspecto, aunque bastante hinchado.

—Los esteroides están enmascarando su enfermedad. Nadie pone en duda que esté usando esteroides. Hacer CLIC AQUI para leer la entrevista completa

JEAN WYLLYS: passar mal perto de homossexual = homofobia

 

Este seria o Brasil do PLC 122 e da agenda homossexual se ela vier a se estabelecer. Quando um CANALHA (ou jumento, é a única outra opção) vier a falar que os homossexuais só querem ser queridos no Brasil diga que ele está mentindo duas vezes:

1 - não são homossexuais que querem ou não querem, são os VAGABUNDOS travestidos de militância homossexual, e

2 - estes VAGABUNDOS querem é impor a todos um reinado maldito onde NADA poderá ser feito nem mesmo perto de uma pessoa que desgoste do que você fez e que, depois, ALEGUE ser homossexual a um juiz.

Os fortes confiam em Deus

 

RICARDO GAMA

QUINTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2012

Reprodução de imagem publicada no meu Facebook


Desde quando boicote no youtube faz parte da democracia?

 

RICARDO GAMA

QUINTA-FEIRA, 12 DE JULHO DE 2012

Veja o vídeo, vale a ena, infelizmente o boicote no youtube já existe há muitos naos, eu fui mais uma vítima hoje (clique aqui e leia), vejam esse vídeo que foi postado em 20/02/2012.

Isso é democracia ?

E a liberdade de expressão ?

Enviado por FabioNaoClick em 20/02/2012

Se algo não for feito contra isso os boicotes vão aumentar e começar a atingir outros tipos de vídeos, porque como descobriram que isso da certo agora é só aplicar...

Começou a normalização da pedofilia?


JULIO SEVERO

12 de julho de 2012

CNN abriga cientista simpático à alegação de predadores de crianças de que a culpa é das “conexões cerebrais”

Chelsea Schilling

Indivíduos que estupram crianças ou que fantasiam abusar delas sexualmente merecem simpatia pelo motivo de terem nascido com cérebros de pedófilos?

Essa é a questão levantada por um cientista e âncora famoso da CNN após o recente escândalo envolvendo Jerry Sandusky.

A CNN recentemente publicou uma reportagem de James Cantor, um psicólogo e cientista homossexual do Centro de Dependência e Saúde Mental da Clínica de Comportamento Sexual, que trabalha como professor associado de psiquiatria na Universidade de Toronto.

“Parece que é possível nascer com um cérebro predisposto a experimentar um estímulo sexual em resposta a crianças”, escreve ele em seu artigo para a CNN.

E continua: “Casos de abuso sexual de crianças que envolvem uma longa sequência de vítimas ao longo de anos ilustram o que pode acontecer quando alguém se rende aos seus interesses sexuais, ou deliberadamente os estimula, independente do dano potencial às outras pessoas. São esses casos que dominam as manchetes e provocam repulsa com relação aos pedófilos. Mas eles são raros. Um número incontável de casos merece simpatia. A ciência sugere que eles são indivíduos que, involuntariamente, nasceram com um impulso sexual ao qual devem resistir continuamente, sem exceção, ao longo da vida toda. Pouca ou nenhuma assistência está disponível para eles”.

De acordo com a Associação Americana de Psicologia, Cantor é entusiasmado pelas bases neurológicas do comportamento sexual, e brinca, “Sinto-me sortudo de ter encontrado uma maneira de estimular meu cérebro intelectualmente permitindo-me pensar em sexo o tempo todo”.

Ele estudou os cérebros de homens pedófilos por meio de ressonância magnética. Cantor explica suas descobertas:

“Homens pedófilos possuem uma quantidade consideravelmente menor de substância branca, que é o tecido conjuntivo responsável pela comunicação entre diferentes regiões do cérebro. Os pedófilos executam com desvantagem diversos testes de função cerebral, tendem a possuir estatura mais baixa e são três vezes mais propensos a serem canhotos ou ambidestros (características observáveis antes do nascimento). Embora características não biológicas possam se mostrar relevantes, é difícil, se não impossível, explicar as descobertas da pesquisa descartando um forte papel da biologia”.

Ele explica, da sua experiência com esses indivíduos, que os pedófilos agem com base nos seus impulsos sexuais e estupram crianças “quando se sentem mais desesperados”.

“No entanto, boa parte do que a sociedade faz tem ajudado a aumentar em vez de reduzir esse desespero”, escreve.

Nos EUA, observa Cantor, o foco tende a cair sobre as punições exigidas depois que o abuso sexual aconteceu, em vez de se implantar políticas sociais com foco na prevenção.

“Se são as conexões cerebrais que no fim das contas determinam quem irá desenvolver a pedofilia, poderíamos detectá-las cedo o suficiente para evitar o processo?” pergunta. “Até que descubramos mais informações, faremos um bem maior tornando mais fácil para os pedófilos buscarem ajuda do que forçá-los à discrição solitária”.

Enquanto isso, o âncora da CNN se intromete para expressar simpatia por Sandusky, considerado culpado de 45 das 48 acusações de abuso sexual depois de ter estuprado 10 garotos ao longo de 15 anos.

Don Lemon, da CNN, um homossexual assumido que revelou que foi estuprado quando criança, entrevistou Cantor sobre as suas descobertas. No trecho, ele afirma:

“Sei que muitas pessoas irão me enviar mensagens de ódio por isso. Nunca fui o tipo de pessoa que se alegra com a desgraça dos outros, e quando vi Jerry Sandusky sair algemado, senti um pouco de pena dele, mesmo que saiba que o júri havia descoberto que ele havia feito coisas terríveis, pensei: ‘A vida dele acabou’. Todos esses meninos, foi terrível para eles também. Não há vencedores”.

Enquanto isso, alguns especialistas alertam sobre campanhas bastante controversas nos últimos anos que buscam a simpatia, e até a normalização, da pedofilia.

No ano passado, a Dra. Judith Reisman, que lidera uma investigação do Ministério de Justiça dos EUA sobre o abuso sexual de crianças, afirma que os defensores da pedofilia estão utilizando a mesma estratégia aplicada com sucesso para tornar o homossexualismo um assunto de sala-de-aula para crianças pequenas nas escolas públicas do país.

Conforme noticiado pelo WND, Reisman esteve em uma conferência feita pelo grupo de defesa das “pessoas que sentem atração por menores” B4U-ACT, cujo objetivo era o de disseminar “informações precisas” sobre a posição de que a pedofilia é nada mais do que uma orientação sexual alternativa.

“Se um país estrangeiro viesse e fizesse isso em nosso país, todos ficariam escandalizados”, disse Reisman a respeito do evento do B4U-ACT, em que também esteve presente Matt Barber, vice-presidente do Liberty Counsel Action.

Os palestrantes pediram a remoção da pedofilia da lista de distúrbios mentais da Associação Americana de Psiquiatria no seu Manual Diagnóstico e Estatístico de Desordens Mentais (MDEDM).

Reisman explica que a mesma estratégia foi utilizada pelos ativistas homossexuais na década de 1970, quando a atração pelo mesmo sexo foi removida da lista de distúrbios da Associação. Mais tarde, seguiu-se a legalização do “casamento gay”, as aulas obrigatórias sobre o homossexualismo nas escolas públicas e a política que permite o homossexualismo assumido nas forças armadas dos EUA.

“O Dr. John Sadler (Universiade do Texas) argumentou que critérios diagnósticos para distúrbios mentais não deveriam ser baseados em conceitos de vício, uma vez que tais conceitos estão sujeitos a mudanças de atitudes sociais, o que desvia os profissionais de saúde mental do seu papel como terapeutas”, disse a organização B4U-ACT em um relatório sobre sua conferência em Baltimore.

Outra celebridade foi Fred Berlin, da Universidade de Johns Hopkins, que argumenta em favor da “aceitação e da compaixão por pessoas que sentem atração por menores”, continua o relatório.

O relatório se refere enfaticamente a “pessoas que sentem atração por menores” em referência aos pedófilos, e explica que as questões podem ser resolvidas com “informações precisas”. Richard Kramer, que representou o B4U-ACT no evento, sustentou que listar a pedofilia como uma desordem estigmatiza as “vítimas” dessa escolha de estilo de vida.

De acordo com Barber, os palestrantes da conferência disseram que o Manual Diagnóstico deveria “se concentrar nas necessidades” dos pedófilos e deveriam ter “um foco mínimo no controle social” em vez de um foco na “necessidade de proteger as crianças”.

Barber, defensor veemente dos valores judaico-cristãos e da família tradicional, disse ao WND que a conferência foi “a Associação Norte-Americana de Amor entre Homens e Meninos [conhecida pela sigla em inglês NAMBLA] disfarçada da linguagem pomposa de Ph.Ds elitistas”.

A NAMBLA defende abertamente a legalização das relações sexuais entre adultos e crianças.

“Isso é um monte de relativistas morais bem-educados da comunidade de saúde mental tentando atingir a tolerância absoluta", afirma Barber. “Essa gente são discípulos de Alfred Kinsey”.

Foi nas décadas de 40 e 50 que Kinsey, o “pesquisador” sexual, Kinsey publicou os seus escritos ridicularizando o casamento, a fidelidade e a castidade e pregando a experimentação sexual generalizada. Mas de acordo com a pesquisa de Reisman no livro “Sexual Sabotage” (“Sabotagem Sexual”), a pesquisa de Kinsey foi compilada com informações frequentemente obtidas de criminosos sexuais encarcerados, que depois eram retratados como integrantes da classe média americana.

Barber disse que os temas da conferência se tornaram claros rapidamente:

* Os pedófilos são injustamente “demonizados” na sociedade.

* O conceito de “errado” não deveria ser aplicado a “pessoas que sentem atração por menores”.

* “Crianças não são inerentemente incapazes de consentir” à relação sexual com um adulto.

* “O desejo de uma adulto de ter relação sexual com crianças é ‘normativo’”.

* E o Manual Diagnóstico “ignora que os pedófilos ‘possuem sentimentos de amor e romance por crianças’ da mesma forma que adultos heterossexuais possuem uns pelos outros”.

Barber observa que o palestrante autointitulado “ativista gay”, Jacob Breslow, afirma que é natural que as crianças sejam “o objeto da nossa atração”. Breslow sustenta que os pedófilos não deveriam precisar de consentimento de uma criança para ter relações sexuais da mesma forma que não precisam de consentimento de um sapato para calçá-lo, de acordo com Barber.

Berlin havia noticiado anteriormente que 67% dos pedófilos e estupradores de crianças tinham recaídas após serem tratados do distúrbio. Mas os poucos que não tiveram recaídas foram monitorados por apenas dois anos, e qualquer reincidência depois disso não foi relatada. E Reisman observa que mesmo suas “histórias” de sucesso eram anônimas e “não verificadas de forma alguma”.

Em um comentário relaciotado feito para o WND, Reisman afirma que “O caminho da Associação Americana de Psiquiatria para normalizar a pedofilia segue o sucesso da campanha do anarquismo homossexual. Possivelmente o lobby da mídia pedófila orientou os beijos apaixonados entre meninos na série de TV ‘Glee’ para permitir que seus amigos “que sentem atração por menores” possam ser vistos cada vez mais como ‘amigos’ sexuais de meninos’.

“O B4U-ACT alega estar ‘ajudando profissionais de saúde mental a aprenderem mais sobre a atração a menores e considerar os efeitos dos estereótipos, dos estigmas e do medo’. Enquanto o grupo alega querer ensinar aos pedófilos ‘como viver plenamente e se manter dentro da lei’, ninguém sugeriu como parar com seu desejo sexual por crianças ou com os abusos sexuais”, escreveu.

No entanto, em 2010, quando o Cardeal Tarcisio Bertone, secretário de estado do Vaticano, associou o homossexualismo aos abusos sexuais, Cantor rejeitou a alegação de que haveria uma ligação entre o homossexualismo e a pedofilia.

“A literatura científica é solidamente clara que não há absolutamente nenhuma associação entre ser gay e ser um pedófilo”, disse à CNN.

Traduzido por Luis Gustavo Gentil do artigo do WND: “Has the normalizing of pedophilia begun?

Fonte: www.juliosevero.com

Anthony Comstock: o primeiro ativista anti-pornografia da história moderna

Conheça os líderes universitários que estão tentando redefinir a pedofilia como “intimidade intergeracional”

Pedofilia é “orientação sexual”, especialistas dizem no Parlamento do Canadá

Órgão da ONU promove educação sexual a partir do nascimento

Um pedido aos ateus: A pedofilia é a próxima bola de neve; recuemos agora antes que seja tarde.

Conferência acadêmica busca normalizar pedofilia

Gay estuprador de crianças e bebês pega só 18 anos de cadeia

Proeminente conferência pró-pedofilia provoca horror nos participantes

Vídeo educacional contra a pedofilia homossexual: http://youtu.be/CwOW76c0Dsg

ONU legaliza pornografia infantil e prostituição

Por que ficamos surpresos com a promoção de “direitos à pedofilia”?

Defensor da pedofilia defende kit gay

Luiz Mott, estátua de bebê pelado e museu erótico

De “cristão revoltado” a homossexual defensor da pedofilia

O dia em que o sexo entre homens e meninos não mais chocar

Líder de grupo holandês de militância pedófila é condenado a três anos de prisão

Boicote no YouTube faz Ricardo Gama suspender debate com ateus e homossexuais

 

Um antídoto para o veneno que destrói sua família

 

Um antídoto para o veneno que destrói sua família

Prezado(a),

Infelizmente, alguns veículos de comunicação usam seu poder de influência para disseminar ideias estapafúrdias, como por exemplo...

... o aborto, a legalização das drogas, comportamentos indecentes, entre outras barbaridades que destroem
as famílias.

Mas existem antídotos para estes venenos e um deles é você ver a notícia por um ângulo diferente, sem interferências e influências de patrocínios milionários.

Por isso, inscreva seu e-mail para receber sempre as publicações do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira.

As matérias publicadas no portal colocam em discussão assuntos polêmicos que muitas vezes chegam distorcidos até você pela grande mídia.

Entre em nosso portal e subscreva seu e-mail no campo indicado que aparecerá assim que a página abrir.

Cordialmente,

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br

YouTube enganado retira video de Ricardo Gama do ar , vídeo este que pedia respeito à liberdade de expressão

 

Ditadura Gay: o golpe

 

Publicado em 02/07/2012 por rafaelitobarbacena

http://rafucko.com
Golpe Militar Gay que deu início à Ditadura Gay no Brasil.
Roteiro desenvolvido com a ~galera do Twitter~ usando a hashtag #ditaduragay

Blogueiro Ricardo Gama convida o povo (ateus, homossexuais, hetero e etc) p/ debate ao vivo

 

Olavo de Carvalho e Flavio Bolsonaro no escritório do professor, dia 11/07/2012. Entrega da Medalha Tiradentes

 

Olavo de Carvalho e Flavio Bolsonaro - 11-07-2012 - USA

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Entrega da Medalha Tiradentes ao professor Olavo de Carvalho. Hoje, ao vivo, 20h00, horário de Brasília

 

LINK AQUI

ScreenShot264

Fernando Pessoa, a Era da Gnose, e o problema da modernidade

 

MÍDIA SEM MÁSCARA

ESCRITO POR ORLANDO BRAGA | 10 JULHO 2012
ARTIGOS - CULTURA

A capacidade do homem comum e vulgar, em geral, de discernir o futuro mais próximo por intermédio da intuição de “probabilidades pesadas”, não existe no gnóstico devido a uma fé metastática que o possui e controla.

Ao estudar os textos em prosa publicados de Fernando Pessoa — porque eu não os li, apenas: estudei-os, literalmente —, cheguei à conclusão de que não concordo com a mundividência dele em mais de 50%, embora também reconheça que ele foi mudando substancialmente de opinião à medida que avançava na idade, e não posso deixar de lhe reconhecer muita originalidade e mesmo genialidade na forma como construiu o seus raciocínios, mesmo que, a espaços, ideologicamente opostos entre si.

E mesmo com a formação do partido de Hitler na década de 1920, e com a sua ascensão ao poder a partir do início da década de 1930, Fernando Pessoa — que faleceu em 1935 — não conseguiu prever ou intuir o horror da II Guerra Mundial que teve o seu início em 1939 [apenas quatro anos após a sua morte]. E mais: Fernando Pessoa, que criticou duramente D. Manuel I pela expulsão dos judeus, e sendo ele próprio descendente de judeus, sempre foi um germanófilo de boa cepa, defendendo por exemplo a posição dos alemães na I Guerra Mundial. O que diria Fernando Pessoa dos seus ilustres alemães se pudesse ter assistido ao horror do holocausto nazi?

O caso de Fernando Pessoa e a sua relação próxima com os alemães é sintomático da dificuldade de alguém, vivendo as circunstâncias do seu presente, poder prever sequer o futuro mais imediato. Karl Popper fala-nos nas “possibilidades pesadas” de acontecimentos futuros, comparando-as com a probabilidade quase certa de nos sair um determinado número em um jogo de dados viciado: se o peso de um dos lados dos dados estiver viciado com chumbo, a “probabilidade pesada” é a que o número viciado nos calhe sistematicamente em sorte.

Mas Fernando Pessoa não conseguiu intuir qualquer “probabilidade pesada” em relação à capacidade dos seus admiráveis alemães em exterminar os seus queridos judeus: morreu convencido de que o partido nazi alemão seria apenas uma insignificante corruptela germânica de Mussolini. E a razão pela qual Fernando Pessoa não conseguiu intuir um futuro tão próximo do seu presente, prende-se com a sua fé metastática gnóstica — a Gnose. Fernando Pessoa era um gnóstico.

Um gnóstico não é alguém que não tenha um senso firme da realidade. Pelo contrário, no caso de Pessoa, ele tinha um conhecimento imenso da História, e fazia análises políticas do seu presente muito bem fundamentadas e com um raro sentido crítico. O problema de Fernando Pessoa não era o passado e o presente, que ele conhecia muito bem: o problema dele era o futuro e a sua obsessão com o futuro.

E é com o futuro que os gnósticos se enredam e se vêem com “os burros na água”, porque perderam o sentido do senso-comum do homem vulgar. A capacidade do homem comum e vulgar, em geral, de discernir o futuro mais próximo por intermédio da intuição de “probabilidades pesadas”, não existe no gnóstico devido a uma fé metastática que o possui e controla.

Com o advento da revolução francesa e do Positivismo, entramos todos na Era da Gnose, o tempo de predomino cultural e social dos novos gnósticos, em que se misturou a Gnose da antiguidade tardia, com a nova Gnose cientificista. É assim, por exemplo, que Fernando Pessoa consegue ser um acérrimo defensor da ciência positivista e, simultaneamente, anunciar o seu místico apoio à maçonaria, por um lado, e por outro lado defender a veracidade absoluta das profecias do Bandarra e de Nostradamus — para além de se dizer, ele próprio, membro da Ordem dos Templários que, como sabemos, foi o esteio medieval da maçonaria operativa.

Portanto, a Gnose é no presente, como foi no passado, a confirmação absoluta do poder que Prometeu concedeu ao Homem.

No plano da ciência moderna, a Gnose passa pela afirmação da validade do cientismo. E na tipologia da religião moderna, a Gnose passa, por um lado, pela preponderância quase absoluta da imanência [seja nas religiões políticas, como por exemplo o marxismo, seja na imanência da Cabala ou do ocultismo, teosófico ou outro], herdada da tradição gnóstica antiga ou adotada pelos Templários; e, por outro lado, passa pela validação de uma visão maniqueísta do mundo — maniqueísmo entendido no sentido da religião de Mani, em que o Bem e o Mal são duas forças equivalentes — que adoptou de Heraclito a complementaridade dos opostos. Tudo isto se pode verificar, com uma cristalina clareza, nos textos em prosa de Fernando Pessoa.

A partir do momento em que o gnóstico moderno — seja ele cientista ou um místico imanente [o que em termos da Gnose vai dar no mesmo] — encara o futuro a partir de uma perspectiva prometeica — segundo o conceito de Protágoras do “homem como medida de todas as coisas” — e imanente — na medida em que prepondera nele o determinismo absoluto em relação à realidade, ou o absolutismo tirânico do Destino segundo Fernando Pessoa —, a sua capacidade natural de intuir o futuro próximo das “probabilidades pesadas” fica altamente comprometida. E esta é uma das razões, por exemplo, por que a maçonaria [imanência] tem falhado rotundamente em quase todas as “apostas de futuro” que fez no século XX.

O século XX pode ser classificado como a Era em que as apostas dos gnósticos modernos no futuro redundaram em hecatombes humanitárias indizíveis. Tentando “forçar” o futuro em determinado sentido, os eventos entraram em retroacção, e a imprevisibilidade que é característica do futuro traiu os sonhos e as utopias traduzidos pela fé metastática dos novos gnósticos, com consequências catastróficas para a humanidade.

Corolário: o problema do nosso tempo, e da nossa crise, não é só de 2008: o problema vem de trás, dos Idos do século XVII. E enquanto não tivermos todos, embora obviamente uns mais do que outros, consciência do problema complexo que nos trouxe a Nova Gnose, não iremos sair do delírio interpretativo colectivo que obnubila o espírito do Homem moderno.


Orlando Braga
edita o blog Espectivas.

JULGAMENTO DO MENSALÃO DEIXA OS PETISTAS NERVOSOS, AGITADOS, PERIGOSOS E ALOPRADOS!

 

BLOG DO ALUIZIO AMORIM

Terça-feira, Julho 10, 2012

Facsímile do início da peça acusatória do PGR

Os petistas estão nervosos. Os bate-paus comunistas da CUT ameaçam, mas o Supremo Tribunal Federal já marcou para o dia 2 de agosto próximo o julgamento do mensalão. A grande mídia - principalmente os jornalões  - ainda continuam dando destaque a receitas gastronômicas nos seus sites da internet no lugar de matérias políticas. As grandes redes de televisão devem estar fazendo o mesmo. Como não vejo televisão não posso afirmar nada, mas pressinto que o jornal nacional deve continuar a dar destaque a assuntos triviais ou desligando do contexto político aqueles temas que têm verdadeiro interesse do grande público preocupado com o futuro da democracia brasileira.

Por enquanto resta apenas a revista Veja e seu site na internet que apresenta os fatos devidamente contextualizados, ainda que não use, como eu uso aqui no blog, o termo "comunista". Sim, porque o Brasil e toda a América Latina e até mesmo os Estados Unidos e a Europa estão sob ataque cerrado do movimento comunista internacional, que neste século XXI além de vermelhão, veste o verde e até mesmo o cinza. Todavia, o objetivo é o mesmo: a luta de classes permanente, a desordem, a mentira e o embuste para, no final das contas, implantar o regime comunista em todo o continente latino-americano. O que muda é apenas a estratégia. 

O mensalão, o maior escândalo já vivido pelo Brasil, fazia parte do grande esquema montado para o domínio total dos comunistas sobre o Estado brasileiro. O maquiavélico plano acabou dando errado e a sociedade brasileira ficou sabendo da verdade. Mesmo assim, por incrível que pareça, ao sufragar os candidatos do PT e seus satélites nas eleições subsequentes, boa parte da população brasileira passou a ser conivente com a bandalheira por ignorância ou oportunismo ligeiro.

Por tudo isso, o julgamento do mensalão tem talvez a derradeira oportunidade para passar todo esse macabro e nauseabundo plano dos comunistas a limpo. 

E, para quem acredita na história do PT de que o mensalão nunca existiu, abaixo está a peça acusatória do Procurador Geral da República.

Aqui o link para ir até o meticuloso infográfido editado pelo site da revista Veja detalhando em minúcias toda trama levada a efeito pelo PT sob a direção de Lula, já que era ele o Presidente da República quando explodiu o deletério escândalo.

Finalmente o Supremo Tribunal Federal decidiu julgar o famigerado processo do mensalão. O fato em si, independentemente do que decidirá o Supremo, tem um caráter pedagógico importante na formação do pensamento político brasileiro.  O ato de julgar esse processo é a afirmativa de que as instituições democráticas continuam, apesar dos pesares, de pé e resistindo ao ataque comunista.

 

 

 

d

O Mensalão - peça oficial da PGR

A proposta que está no site da ex-desembargadora Maria Berenice Dias, aquela que cunhou o termo “Direito Homoafetivo” e, portanto, se sente no “direito” de dizer-se especialista nele, tem o nome de Estatuto da Diversidade Sexual. Veja algumas das aberrações


Sim, o site é dela, MARIA BERENICE DIAS, hoje advogada, como se pode observar no serviço online “WHOIS.com”.

ScreenShot263

Esta semana ela divulgou este e-mail:

EMAIL RECEBIDO PELA ADHT, na data e hora abaixo. Original salvo:

From: Maria Berenice Dias [mailto:berenice@berenicedias.com.br]
Sent: Tuesday, July 10, 2012 1:14 PM
To: Undisclosed recipients:
Subject: Conto com a tua adesão

Conto com a tua adesão à campanha para apresentar o Estatuto da Diversidade Sexual por iniciativa popular. Trata-se da primeira mobilização social pela cidadania da população LGBT. Para isso é necessário colher 1 milhão e 400 mil assinaturas.

Assine online a petição pública: http://bit.ly/IYDpuG
Curta e compartilhe no Facebook: http://www.facebook.com/estatutodiversidade
Também imprima os formulários e saia em busca de mais assinaturas.
Detalhes no site: www.estatutodiversidadesexual.com.br

O slogan é:
"Eu sou diversidade!
Todo mundo é igual, todo mundo é diferente, todo mundo é gente!"

Um beijo,

Maria Berenice Dias

www.direitohomoafetivo.com.br
www.mariaberenice.com.br
www.mbdias.com.br


VOLTANDO:

Vejam bem algumas das “pérolas”, vejam que a proposta elimina direitos que NADA têm a ver com a tal “homofobia”, aquela coisa inexistente MAS que serve para um montão de gente deitar e rolar no dinheiro público, na calúnia e na difamação.

ScreenShot245

ScreenShot238

ScreenShot239

ScreenShot240

 ScreenShot241

 ScreenShot242

 ScreenShot243

ScreenShot244

Agora destacamos uma das maiores: ser homossexual equivaleria a ser de uma NOVA RAÇA!!!

ScreenShot246

ÍNTEGRA ABAIXO:

Texto do Estatuto da Diversidade Sexual

Pomba branca pousa no caixão de Dom Eugenio Salles durante velório e comove os fiéis

 

Pomba branca pousa no caixão de Dom Eugenio Salles durante velório e comove os fiéis.
Fiéis lotam a catedral metropolitana, no Centro do Rio, para o velório do cardeal Dom Eugenio Salles. A pomba branca que pousou no caixão está no local há 40 minutos. Todos os bispos auxiliares da Arquidiocese do Rio estão presentes.

Lista de livros recomendados por Olavo de Carvalho no True Outspeak

 

Link da dica: http://www.midiasemmascara.org/true-outspeak.html

Lista de livros recomendados por Olavo de Carvalho no True Outspeak

Dom Eugênio Sales - Uma escola de fidelidade

 

Um capelão da Força Aérea dos EUA e a promessa de Deus

 

JULIO SEVERO

11 de julho de 2012

“Honra teu pai e tua mãe, a fim de que venhas a ter vida longa na terra que Yahweh, o teu Deus, te dá”. (Êxodo 20:12 KJA)

Julio Severo

Em 1987, o Dr. Arthur Vincent, pastor luterano e professor de teologia, visitou o Brasil para um encontro de pastores. Mesmo com sua idade avançada, ele viajava o mundo inteiro, desde a Nigéria até as Filipinas, para encorajar e edificar o povo de Deus na importante missão de levar o Evangelho a um mundo perdido. Ele chegou até a participar do Congresso Lausanne para a Evangelização Mundial. Sua paixão é o evangelismo.

Sua visita ao Brasil não foi diferente: Ele queria encorajar os pastores. E eu, que não era pastor, estava lá entre os pastores porque, conforme me disse o Dr. Arthur, Deus me queria lá.

O Dr. Arthur tinha longa experiência de vida, tendo sido, durante a 2ª Guerra Mundial, capelão da Força Aérea dos EUA. Mais dessa experiência foi revelada quando, num grupo muito pequeno de pastores que estava orando, o Espírito Santo falou profeticamente mediante outro pastor americano, dizendo ao Dr. Arthur, bem na minha frente, que “porque você honrou seu pai, aumentarei os seus anos de vida nesta terra”.

Era uma promessa interessante, em vista da avançada idade do capelão americano: 69 anos. Derramando lágrimas de gratidão a Deus, ele contou como em 1930, na maior crise financeira dos EUA, ele trabalhava para sustentar a família, enquanto seu pai se entregava à bebida. Ele tinha apenas 12 anos, e já levava, como se diz, a família nas costas.

Contudo, ele não xingava o pai. Ele não menosprezava o pai. Ele sempre o respeitava.

E há promessa na Palavra de Deus para quem honra os pais: “Honra teu pai e tua mãe, a fim de que venhas a ter vida longa na terra que Yahweh, o teu Deus, te dá”. (Êxodo 20:12 KJA)

Com o tempo, perdi todo contato com o Dr. Arthur. Foram quase 20 anos sem correspondência. Mas na semana passada, senti um desejo de me comunicar com ele. Pesquisei o Google, pelo nome Arthur Vincent, e apareceram alguns nomes em obituário. Pensei: “Nessa altura, ele já partiu…”

Entretanto, persistindo na pesquisa, encontrei um Arthur que não estava em obituários. Telefonei e ouvi uma voz clara, e eu disse que queria falar com o Dr. Arthur Vincent. Ele me respondeu, com uma voz que não parecia um homem idoso, que era ele mesmo. Eu pensei: Deve ser o filho dele!

Mas fazendo algumas perguntas, especialmente sobre a visita dele ao Brasil 25 anos atrás, ele começou a recordar. E eu lhe disse: “Naquela data, Deus falou que você teria mais anos de vida, e hoje, aqui falando com você, vejo como Deus é fiel e está cumprindo a promessa dEle na sua vida”. Nesse ponto, ele se alegrou.

O Dr. Arthur Vincent está hoje com 94 anos, e servindo a Deus!

Dr. Arthur Vincent: pregando e ministrando o Evangelho do Reino de Deus

A visita dele ao Brasil foi uma bênção de Deus para ele. Eu sou testemunha viva do que Deus falou e cumpriu na vida dele. E essa visita foi uma bênção para mim também. Na época, ele havia trazido uma grande Bíblia de estudo de capa de couro. Era uma Bíblia muito especial, e a intenção do Dr. Arthur era dar a um pastor na conferência de pastores. Mas eis que ele chega até mim, diante dos pastores, e diz: “Deus me disse que entregasse esta Bíblia a você”.

Tenho até hoje minha Bíblia autografada por um idoso capelão da Força Aérea dos EUA, um homem que desde criança honrava Aquele que honra — e ele foi honrado.

Com o estímulo desse grande testemunho, proclamo: “Deus honra aqueles que O honram!”

Fonte: www.juliosevero.com

Como escapei de um escândalo político no Rio

Quem tem medo de deputado que veio do BBB?

 

Pode parecer que a militância homossexual, aquela que tem um JEAN WYLLYS como “””representante””” é algo poderoso, politicamente falando.

É FALSA ESTA IMPRESSÃO!!!

A coisa toda é muito simples, basta olhar os números. Do site do TRE – Trbunal Regional Eleitoral – do Rio de Janeiro em http://www.tre-rj.gov.br/site_novo/eleicoes/2010/resultado2010/arquivos/Votacao_Geral_Estado_10-12-10.pdf:

A pergunta passa a ser como alguém chega a deputado federal com APENAS 13 mil votos em um estado como o Rio de Janeiro. A resposta é simples: o sistema eleitoral brasileiro. O deputado Chico Alencar “cedeu” parte de seus 250 mil votos para que JEAN WYLLYS fosse para Brasília.

É patético, tudo é patético nesta questão.

DE TUDO FICA A VERDADE: A MILITÂNCIA HOMOSSEXUAL BRASILEIRA É ABSOLUTAMENTE INEXPRESSIVA QUANDO VAI ÀS URNAS EM UMA ELEIÇÃO. NÃO TENHAM MEDO, ELES SÃO ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE BARULHENTOS. E POR ISTO PARECEM TER PODER.

Os votos recebidos pelo então candidato que hoje quer cadeia para quem vomitar perto de homossexuais:

 ScreenShot259

 ScreenShot256

OS DEPUTADOS MAIS VOTADOS NA MESMA ELEIÇÃO NO RIO DE JANEIRO, SÓ PARA VOCÊS TEREM UMA IDÉIA DA VOTAÇÃO ABSOLUTAMENTE INEXPRESSIVA QUE TEVE O JEAN WYLLYS, MESMO DEPOIS DA IMENSA DIVULGAÇÃO DE SEU NOME DURANTE DIAS, E TODO DIA, NO BBB – BIG BROTHER BRASIL – PROGRAMA DA MAIOR EMISSORA DE TELEVISÃO ABERTA DO PAÍS.

ScreenShot257

Lançamento de "A Filosofia e seu Inverso"

 

 

Publicado em 10/07/2012 por CanalMSM

Palestra de lançamento do livro "A Filosofia e seu Inverso", de Olavo de Carvalho, proferida em 7 de julho de 2012. O livro encontra-se disponível para compra em: http://www.videeditorial.com.br

Blogueiro Ricardo Gama pede respeito à liberdade de expressão e um "não" a intolerância

 

Ontem o blogueiro e candidato cristão a vereador pela cidade do Rio de Janeiro RICARDO GAMA foi “agraciado” com um desejo: o de que o assassino que tentou matá-lo volte e “termine” o serviço. Em bom português, que o RICARDO GAMA seja assassinado.

Conheça o caso todo aqui.

Este é o novo vídeo dele.

Continuando com a demo”nio”cracia do deputado JEAN WYLLYS

 

Segue do Twitter do depoutado:

“…Jean, uma pessoa passar mal a ponto de vomitar numa balada, pq viu 2 homens se beijando, é considerada homofóbica?”
(JEAN): Sim, ela é homofóbica, mas não se assume! /RT “@marisbrotas: Mesmo a referida pessoa batendo no peito e dizendo “eu num tenho nada contra"?’”

Viram como funciona a cabeça desvairada, doente e psicótica deste deputado?

SE O PLC 122 OU QUALQUER OUTRO PROJETO(S) QUE O SUBSTITUA TRANSFORMAR-SE EM LEI VOCÊ NÃO PODERÁ VOMITAR PERTO DE UMA PESSOA QUE DIZ SER HOMOSSEXUAL. ANTES DE PASSAR MAL, TERÁ QUE PERGUNTAR A QUEM ESTIVER POR PERTO:

- VOCÊ É HOMOSSEXUAL? OU VOCÊS SÃO HOMOSSEXUAIS?

 ScreenShot253

 ScreenShot254

A Democracia unilateral. Ou a demo”nio”cracia do deputado Federal JEAN WYLLYS

 

Pelo TWITTER, vejam que “pérolas”:

1. Acabo de ler as novas notícias sobre o caso Eliza Samudio e cada vez mais me surpreendo com os rumos que ele vem tomando.
2. Dois homens acusados de cumplicidade no ASSASSINATO e SUMIÇO de uma mulher
e o foco se desloca para a suposta homossexualidade entre eles
3. Os advogados de ambos estão mais preocupados em acusar o cliente do outro - e de defender seu cliente - de homossexualidade que do resto!
4. Ou seja, nesse rumo que o caso tomou, a homossexualidade passa a ser algo pior que o ASSASSINATO e SUMIÇO DO CORPO de uma mulher!
5. Para quem acha que só existe homofobia quando há agressão física a LGBTs, eis aí outro tipo de manifestação da homofobia!

ADIVINHARAM QUEM POSTOU ISTO?

Mas antes vamos à mídia. Ontem, dia da publicação dos escritos acima, o site G1 dava a seguinte notícia: “Macarrão não vai assumir morte de Eliza Samudio, diz advogadoneste link. Segue um trecho:

“… Rui Pimenta disse também nesta segunda-feira que a carta representa o término de uma relação de amizade - e não de uma relação de amor, como havia afirmado anteriormente. "A carta poderia ser o término de um relacionamento sexual, eu pensava isso. Mas ficou claro que a carta era dentro do âmbito da amizade depois de conversar com o Bruno", afirmou Pimenta, que, em entrevista ao jornal "O Estado de S.Paulo", havia dito que a carta tratou sobre um relacionamento homossexual entre Bruno e Macarrão e que ambos tiveram um "claro caso de amor". As declarações de Pimenta sobre homossexualidade envolvendo Macarrão foram rebatidas pelo advogado Diniz . "É um devaneio, é um absurdo infundado. É uma história funesta. Não tem respaldo nenhum. O Luiz Henrique tinha uma relação profissional com o Bruno", disse. O advogado não se pronunciou sobre a reportagem publicada pela revista…”

 A grande mídia, portanto, faz o EXATO CONTRÁRIO das 5 afirmações inciais.

MAAAAAAS se a pessoa assassinada fosse HOMOSSEXUAL, JEAN WYLLYS e toda a militância homossexual – composta não apenas de homossexuais - estaria gritando e colocando a HOMOSSEXUALIDADE da vítima “acima” do assassinato e do sumiço do corpo, como é de praxe nestes tempos.

ScreenShot248

 ScreenShot249

 ScreenShot250

 ScreenShot251

ScreenShot252

Bispo católico crítico a sistema chinês desaparece

 

ESTADÃO

Thaddeus Ma Daqin está desaparecido desde o fim de semana

10 de julho de 2012 | 20h 04

estadão.com.br

PEQUIM - Um bispo católico chinês que desafiou o controle estatal sobre entidades religiosas está desaparecido desde o fim de semana. Thaddeus Ma Daqin renunciou ao cargo que ocupava na Associação Católica Patriótica, órgão vinculado ao Partido Comunista que supervisiona a religião no país, durante seu sermão de estreia como bispo auxiliar de Xangai, a maior diocese da China.

Igreja Católica na China - Aly Song/Reuters

Aly Song/Reuters

Igreja Católica na China

Veja também:
link Escândalo abala política de filho único na China
link Governo chinês ainda vigia vila de ativista cego

Após a missa, no sábado, ele foi levado para um seminário nos arredores da cidade e não aparece publicamente há três dias. "Eu tenho refletido sobre o que nossa amada igreja me ensinou", disse o bispo no sermão. "Quando você assume um trabalho pastoral, seu corpo e sua mente devem estar completamente focados na evangelização."

Segundo o religioso, não seria apropriado ter outras funções que não a pastoral. "Por isso, deste momento em diante não é apropriado que eu faça parte da Associação Patriótica", acrescentou. A congregação reagiu com uma onda de aplausos.

"Oficiais locais exageram e agora criaram uma crise entre Pequim e Xangai", disse o pesquisador Anthony Lahm, do Centro de Estudos do Espírito Santo. O Vaticano proíbe o clero católico de ocupar cargos políticos, mas na China muitos religiosos ocupam cargo na Igreja e a APC. A cúpula do regime também monitora de perto atividades religiosas.

Tensão

Nesta terça-feira, um segundo caso complicou as relações diplomáticas entre Pequim e a Santa Sé. A nomeação de Joseph Yue Fusheng para bispo de Harbin, sem aprovação papal irritou o Vaticano, que divulgou um comunicado condenando a medida.

"Todos os católicos da China - pastores, padres e fiéis - têm a obrigação de defender a doutrina e a tradição da Igreja", diz o texto. "Essas nomeações provocam divisões e trazem um sofrimento desnecessário à comunidade católica chinesa e a Igreja." Ao contrário de muitos bispos chineses, Ma tinha a aprovação do Vaticano. Existem cerca de 12 milhões de católicos na China.

Com Reuters

Qual o motivo para atuar politicamente?

 

LUCIANO AYAN

Um ditado popular diz: “religião, política e futebol não se discute”. Muitos encaram o ditado à risca e realmente acabam se eximindo da discussão sobre importantes temas do cotidiano. Com exceção do futebol no quesito importância, naturalmente. (Aliás, de acordo com a terminologia defendida neste blog, ao discutirmos a política e criticarmos a esquerda, estamos também discutindo religião. No caso, a religião política)

Seja lá como for, talvez por influência deste ditado muitos não gostam do “debate político”, ou mesmo de discussões importantes sobre temas meramente relacionados à política. Se o tema for político e polêmico ao mesmo tempo, em alguns casos é possível surgirem até calafrios.

Isso é particularmente relevante para pessoas que efetivamente trabalham, especialmente os conservadores. Por exemplo, quem atua na gestão de uma equipe, dificilmente perderá seu tempo convencendo seu time de que votar em um determinado candidato é melhor do que votar em outro, se apoiar o gayzismo é errado ou correto, ou se as cotas raciais são justas ou injustas. Esse não é um tipo de assunto que gostamos de levar para o nosso cotidiano, especialmente o cotidiano corporativo.

A lógica para isso é evidente: no cotidiano corporativo (especialmente nas grandes empresas), dependemos de outras pessoas para vencer o jogo da política corporativa. Discutir a política do cotidiano poderá criar rivalidades contra você que, em um dado momento da outra guerra política (a corporativa), podem ser pretextos para lhe empurrar em direção ao abismo. (Me lembro de um caso em que vi um gerente ser ridicularizado nos corredores por sua posição política. E ele era marxista.)

Já em atividades como jornalismo, ciências sociais e na atuação acadêmica em geral (especialmente nas ciências humanas), muitos militantes de esquerda acabam encontrando terreno para, ao invés de trabalharem efetivamente, usarem seu espaço de arena para divulgar discursos políticos. É seguro dizer que a maioria dos professores de ciências humanas hoje em dia ao invés de darem aulas de fato, ficam militando no horário de trabalho, enquanto fingem que trabalham.

Quero falar aqui, no entanto, dos que efetivamente trabalham.

Para estes, então, pode ser um tanto incômodo pensar em atuar politicamente e sair lutando contra gayzistas, neo ateístas, feministas, adoradores do crime e daí por diante. Simplesmente pode surgir a âncora mental: “É melhor não me envolver nisso. Melhor deixar essa tal de política para lá…”.

Entretanto, a totalidade das pessoas tem sua vida afetada pela religião política, e, se considerarmos que é útil reduzir esse impacto, devemos assumir a noção de que a participação política dos direitistas, de uma forma mais enérgica, é vital.

Por exemplo, se você paga impostos abusivos, é por que esquerdistas venceram no passado batalhas políticas requerendo esses impostos. Se muitos menores conseguem hoje assassinar e estuprar impunemente, isso é novamente resultado de batalhas políticas vencidas por esquerdistas. Vitórias esquerdistas também resultam em leis ridículas que limitam sua liberdade e aumentam o risco de totalitarismo. Ou seja, deixar para lá tudo isso é deixar o inimigo agir como ele quiser somente pela opção de “não agir” contra ele.

Mesmo que a ação política seja algo não só defensável como essencial, ainda respeito o direito de alguém decidir “não se envolver”, por diversos motivos. Um deles é não colocar em risco a própria vida, ou a vida de sua família. Como mostrei tempos atrás, recentemente esquerdistas colocaram em risco a vida de vários blogueiros conservadores ao fazerem trotes para a polícia. Como eu posso julgar alguém de forma acusadora e pejorativa depois de eventos deste tipo? Eu simplesmente não seria justo ao agir assim.

O problema que vejo, por sua vez, é que muitos confundem ação política com participação em eleições universitárias, passeatas na rua ou até a organização de atos de vandalismo. Essa percepção é justificada pelo fato de que isso caracteriza a militância de esquerda. Quem não se lembra das arruaças no Pinheirinho, da cusparada em um militar reformado octogenário, ou até mesmo das destruições cometidas pelo MST? Talvez esse tipo de atitude possa gerar a seguinte impressão no conservador: “Não, de jeito algum, não sou louco para atuar desta maneira. Que os esquerdistas prossigam em sua sanha por ocupar o espaço público…”. Entretanto, ainda temos o problema de que as conquistas dos esquerdistas CONTINUAM afetando a vida dos que não crêem na ideologia deles.

A conscientização que precisamos fazer reside no fato de explicar para o maior número de conservadores que a militância barulhenta, agressiva, baseada em quebra-quebra e passeatas, não é a única forma de ação política. Também não é a única forma de ação política a criação de vblogs para ficar denunciando o outro lado, como muitos esquerdistas fazem. (Sim, eu sei que alguns adeptos da direita também fazem vlogs, mas são raros)

É possível ter uma atuação política low profile, e que não implique em exposição tão grande como nos exemplos citados anteriormente. Por exemplo, a divulgação de uma notícia mostrando a vileza de esquerdistas (como esta: “Ouça e leia: uma gravação em que o PCC deixa claro que é para matar policiais e tucanos e outra em que há a orientação para votar em petista” – agradecimentos ao Reinaldo pela lembrança), para seus contatos na Internet, também é uma ação política. Entrar em uma comunidade do Orkut de forma anônima e esculhambar os esquerdistas, demonstrando as mentiras que praticam, também é uma forma de ação política que não gera muita exposição. Enfim, as opções são várias.

É claro que a ação explícita deve permanecer sendo praticada, com divugação de vídeos, participação em debates, criação de blogs, guerras na mídia e coisas do tipo, mas temos que ter a consciência (e fazer a conscientização) de que a participação mais discreta também é muito importante e é uma opção que os adeptos da direita devem ter. Até por que os esquerdistas geralmente agem como se não tivessem nada a perder. O mesmo não pode ser dito dos direitistas.

Portanto, se temos várias opções de ação política (da mais discreta até a mais espalhafatosa), não há motivos para deixar de termos uma ação política a não ser a preguiça. E quais os motivos para termos uma ação política? Lutar por seu direito à segurança, ao invés da opção pelo apoio ao crime dos esquerdistas, proclamar seu direito de não ser surrupiado pelo estado, ao invés do desejo ardoroso que os esquerdistas tem pelo estado inchado, e agir para reduzir o risco de totalitarismo, ao invés da contínua sanha dos funcionarem em darem poder aos beneficiários, dentre outros, são motivos mais do que suficientes.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Anderson Silva agradece a Deus por vitória na última luta do UFC. Será que os “machos” do YouTube, aqueles que estão criticando o candidato cristão Ricardo Gama por ter dito que acredita em Deus, têm coragem de criticar o campeão aí…

 

VERDADE GOSPEL

10/07/12 - 11:58

 

Após a luta, Anderson Silva, junto com um dos filhos e um sobrinho, agradecendo pela vitória

Após conquistar a vitória mais esperada pelos fãs de UFC, o lutador Anderson Silva postou uma foto em seu Twitter fazendo oração agradecendo o título.

Apesar de não falar abertamente de sua religião, assim como Jon Jones e Vitor Belfort, assumidamente evangélicos, Anderson por muitas vezes faz demonstração de fé.

Em seu Twitter ele postou para os mais de dois milhões de seguidores a seguinte frase: “Família e fé sempre” e “Nada mais importante do que ver meus filhos tendo um referencial. Seja você também no seu dia a dia um referencial”, acompanhados de links para imagens suas no octógono.

Entre outras manifestações de fé de Anderson, há um vídeo gravado no início do ano onde ele aparece fazendo uma oração em prol de lutadores como Erick Silva e outros membros do X-Gym/Team Nogueira.

A vitória

No combate do último sábado (7), considerado a ‘luta do ano’, Anderson Silva justificou o título de melhor lutador de MMA da história, vencendo o americano Chael Sonnen em um nocaute incrível no início do segundo round.

Após receber várias provocações e insultos de Sonnen, que declarou em entrevistas seu desafeto ao adversário brasileiro, Anderson terminou sua noite com classe dizendo que o UFC é um esporte e que não tem nada contra o americano. Anderson chegou até a convidar o oponente para um churrasco em sua casa, respondendo com um certo sarcasmo as ofensas recebidas por mais de seis meses.

Anderson Silva era a grande atração do card principal da noite e foi recepcionado por milhares de barulhentos brasileiros que aplaudiram muito o campeão dos médios na entrada no octógono.

O campeão manteve o cinturão de campeão dos pesos-médios, e por esse feito ganhou cerca de R$ 152 mil como bônus.

Deixe o seu comentário no Verdade Gospel.

Fonte: The Christian Post

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".