Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Apostasia na Igreja e no Mundo

Fonte: RAINHA MARIA

Prefeitos italianos respondem com mais crucifixos à polêmica sentença de Estrasburgo

12.11.2009 - ROMA - Vários prefeitos italianos recolheram o rechaço da cidadania para a sentença do Tribunal Europeu de Direitos humanos que pretende obrigar a retirada de crucifixos das escolas públicas do país, e adotaram medidas sem precedentes para preservar o símbolo cristão.

Conforme informa o jornal Avvenire, o prefeito de Sezzadio na Alexandria, Pier Luigi Arnera, decidiu multar com 500 euros a quem remove algum crucifixo de um local público.

Arnera explicou que "a exposição do crucifixo, em lugares distintos aos centros de culto, não afeta a dignidade de alguns, porque é uma de nossas referências culturais".

Ao mesmo tempo em Sassuolo e Trapani as autoridades municipais adquiriram dezenas de crucifixos para distribuí-los entre todas as escolas.

Em Montegrotto Terme, Pádua, os avisos luminosos que costumam reproduzir mensagens oficiais luzem agora um crucifixo com a frase "Nós não o retiramos", e o prefeito de Assis, pediu que ademais do crucifixo, os escritórios públicos exponham um presépio.

Em Varesotto, um empreiteiro instalou no pátio de sua granja uma cruz de seis metros de altura e três de largura para mostrar sua indignação pela sentença de Estrasburgo.

Fonte: ACI

Recado: uma bela reflexão sobre La Blogueira cariñosa e os artigos do Heitor de Paola

Recebi por e-mail sobre os artigos que o Heitor de Paola escreveu sobre uma tal blogueira cubana (leiam aqui):


Amigo,
(leia antes os artigos abaixo; depois e só depois este comentário fará sentido)

Neste texto De Paola esconde a expressão "idiota útil", com pingos, acento e endereço certo.

Enquanto psicanalista com vasta experiência, desenvolveu sensores agudos para com as conotações semânticas e um faro especial em relação aos tropeços lógicos. São alguns dos calos-de-ofício que definem a maestria profissional.

Entretanto, nenhum destes talentos serão necessários a um Q.I., normal e saudável, para arrepiar-se ante a afirmação de que 'algo' - que tem patas de cachorro, rabo de cachorro, cabeça de cachorro e late como um cachorro - seja um crocodilo.

Mesmo que o absurdo venha de badalado intelectual da mídia.

Nossas circunstâncias sócio-políticos, no que tangem à hegemonia de pensamento único, fazem-se cada vez mais similares às cubanas. Nossos jornalistas incomodativos ainda não são levados à cadeia ou ao paredón; por enquanto são apenas demitidos e assim calados.

Mas a similitude entre a tolerância usufruida por la bloguera cariñosa e a condescendência desfrutada pelo 'badalado intelectual da mídia' - quando tantos articulistas opositores são atirados ao ostracismo - será mera coincidência? Também somente coincidência que os objetos criticados por ambos, lá e cá, façam parte sempre e apenas da cobertura do bolo? Sem que jamais se mencione o recheio tóxico, politicamente venenoso?

É verdade, o dito cujo foi o primeiro - na grande mídia - a chamar a atenção para a existência do Foro de São Paulo, mas... 17 anos (D E Z E S S E T E A N O S ! ! !) após as primeiras - comprovadas, recorrentes, exaustivamente repetidas e sempre ridicularizadas denúncias de Olavo de Carvalho, De Paola, Graça Salgueiro... e meses depois que o próprio desdedado co-fundadador do Foro, reconhendo em público sua existência, enalteceu-lhe a comprovada utilidade. Ou seja, só e apenas depois da consolidação do abantesma e quando denúncias já haviam perdido qualquer eficácia, resultando - como resultaram - completamente inócuas.

Vivemos uma época e condições em que os gatos são pardos mesmo à plena luz do sol, e um cidadão precisa ter fino critério sobre onde amarrar seu burro.

Como dizem nossos hermanos: -- OJO, PIBE, OJO!

M.

Venezuela explode pontes na fronteira com a Colômbia

Fonte: JC ONLINE

Publicado em 20.11.2009, às 09h16

O governo colombiano afirmou nesta sexta-feira que pretende enviar um novo protesto ao Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) contra a Venezuela. Bogotá critica o vizinho por explodir duas pequenas pontes na fronteira dos dois países, usadas apenas por pedestres. "Esses atos sérios serão denunciados ao secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) e ao presidente do Conselho de Segurança da ONU", afirmou Clemencia Forero, vice-ministra das Relações Exteriores da Colômbia.

Caracas reconhece que destruiu as pontes no Estado de Táchira, mas diz que fez isso em defesa de sua soberania, pois elas eram usadas por narcotraficantes. O ministro da Defesa, Ramón Carrizales, qualificou as reclamações colombianas como "uma provocação" e "uma manipulação da realidade".

"Passagens improvisadas são usadas para o narcotráfico e o contrabando, e devemos defender nossa soberania", disse Carrizales, também vice-presidente. Já o ministro da Defesa colombiano, Gabriel Silva, qualificou a ação como "grave". "Essa ação representa uma violação da lei internacional, da lei humanitária, é uma agressão contra os civis", afirmou Silva.

Mais cedo neste mês, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou a dizer à população de seu país que se preparasse para "a guerra". Chávez é um forte crítico do acordo entre Colômbia e Estados Unidos, o qual prevê a presença de militares norte-americanos em sete bases do país vizinho. Washington afirma que a intenção é apenas ajudar no combate a militantes no próprio país, mas o governo venezuelano vê um risco de intervenções em outras nações da região.

A declaração de Chávez levou a Colômbia a enviar um protesto diplomático ao Conselho de Segurança da ONU, acusando Caracas de ameaçar o vizinho. Dias depois, Chávez disse que apenas citara um ditado, segundo o qual "se queres a paz, prepara-te para a guerra", e disse que a declaração foi "manipulada".

Caracas, depois disso, acusou Bogotá de deter quatro de seus soldados em águas internacionais. Os quatro membros da Guarda Nacional venezuelana foram detidos no sábado e soltos no dia seguinte. A Colômbia afirma que eles estavam em seu território, o que um general venezuelano negou. As informações são da Dow Jones.

Fonte: Agência Estado

Alguma surpresa com mais uma declaração de que as FARC são integrantes do FORO DE SÃO PAULO? Vejam o vídeo abaixo.



Fonte: FUERZA SOLIDARIA

Cavaleiro do Templo: quem acompanha o NOTALATINA da Graça Salgueiro, o Heitor de Paola em seu site, o PAPÉIS AVULSOS, o programa de rádio do Olavo de Carvalho bem como seu site e seus artigo, o site MÍDIA SEM MÁSCARA entre muitos outros e a "blogosfera" de (como dizem os esquerdopatas, como se isto fosse uma ofensa para nós) ultra-extra-mega-hiper-radical direita não vai se surpreender com mais este vídeo.

É uma DECLARAÇÃO de que as FARC e o ELN e o FORO DE SÃO PAULO são amiguinhos angelicais.

Como é um esquerdopata falando, não poderíamos esperar outra coisa senão a tentativa alucinada de justificar este fato. Só que desta vez tem do outro lado o grande ALEJANDRO PEÑA ESCLUSA, criador e presidente da UNOAMÉRICA.

Bogotá, 10 de noviembre - El Presidente de UnoAmérica, Alejandro Peña Esclusa, fue entrevistado por el canal de noticias colombiano NTN, donde criticó duramente a Chávez por sus vínculos con las FARC y por querer provocar una guerra absurda entre Colombia y Venezuela. El dirigente venezolano deja muy claro que el enemigo de Venezuela es la narcoguerilla y no el gobierno colombiano. Al final, Peña Esclusa sostiene un debate con Guillermo Asprilla, miembro del Comité Ejecutivo del Polo Democrático Alternativo, sobre los verdaderos alcances del Foro de Sao Paulo.

Un Asprilla molesto y desbocado confiesa que Manuel Marulanda “Tirofijo” es un héroe para la izquierda.

Convite/Divulgação - A Idade Média e o Espírito das Cruzadas

Convite/Divulgação

Na próxima quinta-feira (12/11), a partir das 18h, a Livraria Leonardo da Vinci será palco da palestra "A Idade Média e o espírito das Cruzadas", a propósito do livro Raimundo Lúlio e As Cruzadas, uma edição trilíngüe (latim/catalão/português) recém-apresentada ao público brasileiro pela Editora Sétimo Selo.

O livro está à venda em


O evento se enquadra na série "Encontros no Subsolo", organizada pela Da Vinci, e a entrada é franca. A livraria fica na Av. Rio Branco, 185, subsolo, Centro, Rio de Janeiro.

O encontro será mediado por Sidney Silveira (editor da Sétimo Selo), e terá a participação do Prof. Dr. Ricardo da Costa (Universidade Federal do Espírito Santo - UFES) e de Carlos Nougué.

AS IMPESSOAS E LA BLOGUERA CARIÑOSA - I e II


AS IM PESSOAS E LA BLOGUERA CARIÑOSA


HEITOR DE PAOLA


20/11/2009


É impressionante e revoltante como a ‘intelectualidade’ e a mídia chicque vem ignorando há 50 anos os dissidentes cubanos que sofrem ignóbeis torturas nos cárceres dos Castro, quando não são assassinadas de forma brutal, subitamente descobrem uma blogueira que passeia livremente por Havana, usa livremente a internet, recebe visitas de estrangeiros como se isto fosse trivial em Cuba, e a erigem em ícone, expressão máxima da oposição cubana! Enquanto isto, aqueles que sofrem nas masmorras, que lutam para derrubar o Muro del Malecón continuam sendo impessoas (nonpersons), como o diz no vídeo abaixo o Representante Republicano (Fl.) Lincoln Diaz-Balart, sobrinho de Fidel. Mais ainda, com a ascensão de um ídolo eles são mais profundamente soterrados na inexistência, o que é ótimo para o regime que prefere que ninguém saiba deles e de seus sofrimentos. E é por isto que a mídia chic lhe dá respaldo e ela desperta um enorme fã clube mundial, criando uma espécie de guarda pretoriana sempre a postos para atacar com fúria psicótica e tentar intimidar os que põem em dúvida sua autenticidade [[i]].


Esta reação reforça a tese de que Yoani Sánchez, não passa de umenigma embrulhado numa fraude, pois só pessoas ou situações fraudulentas despertam a ira da claque organizada sempre que são contestadas, a verdade não precisa ser defendida. O enigma é somente o que se refere a ela pertencer ou não aos quadros da DGI e estar a soldo do regime. Os indícios são fortes, como já apontei anteriormente, mas como obter provas de que alguém é agente secreto? Só se não fosse secreto! Todos parecem acreditar que o José Dirceu foi, mas alguém tem provas? Quanto a ser uma fraude não tenho a mínima dúvida.


Vejamos. O que fala la bloguera em seu tão badalado blog? Um monte de historinhas sobre a vida em Havana que espremendo bem sobra o que todo mundo que se interessa pelo assunto já sabia: em Cuba falta tudo, não se pode viajar, a polícia tudo controla, há áreas só para estrangeiros, a educação é uma porcaria, a medicina não presta para nada, etc. Yoani despolitiza a situação cubana, queixa-se de que o povo vive mal sob o regime, mas jamais o contesta política ou ideologicamente, jamais diz que o Partido Comunista tem que ser derrubado do poder. Nunca ataca a ideologia comunista, apenas diz que o povo vive mal. Sua crítica mais grave é que ‘hace más de doce años no se renueva el Comité Central del Partido Comunista’ (ver postFunerales, de 16/11). Fica implícita a sugestão de que o CC deve serrenovado e não derrubado e seus membros fuzilados! Ao despolitizar a política, segue à risca o ideal dos tiranos (Bernard Crick escreveu um livro sobre isto: In Defence of Politics, Weidenfeld & Nicholson, 1975) e, portanto, não representa nenhuma ameaça concreta ao regime.


No mesmo post esperei encontrar alguma denúncia sobre as mortes por assassinato. Ledo engano, em Cuba as pessoas estão morrendo de velhice!!! E do assassinato e sofrimento dos seus supostos correligionários dissidentes, dos quais quer distância? Nada! Parece que em Cuba só existem distritos policiais de uma polícia normal, comum a todos os países, nada de penitenciárias, masmorras, centros de tortura e desova de cadáveres. É como se na década de 30 um Judeu de posse de um rádio-transmissor de ondas curtas (só os mais velhos lembram o que era isto!) falasse do cotidiano sofrido dos seus irmãos no regime nazista sem sequer mencionar os pogroms, a Kristallnacht, o desaparecimento de seus amigos, as queimas de sinagogas ou os campos de concentração! Ou um russo que descrevesse as agruras dos moscovitas para comprar um mísero pão, a falta de liberdade, a obrigatoriedade do passaporte interno, mas nada de Gulag, clínicas ‘psiquiátricas’ para ‘doentes’ de dissidentofrenia ou dos porões da Lubyanka.


É exatamente isto que a ‘intelectualidade’ ocidental e a mídia chicadoram, nada de coisas horripilantes para não estragar o humor e o apetite! O povo cubano não tem o que comer? Dá mais fome ainda! Os dissidentes cubanos comem excrementos e baratas entre sessões de tortura? Argh!, xô coisa ruim, que mau gosto falar destas coisas!


Agressões só as supostamente sofridas por ela mesma ou sua turminha. Mesmo assim há cheiro de fraude no ar. Muito oportunamente, após o lançamento de seu livro no Brasil e de sua autenticidade ter sido contestada, Yoani foi ‘agredida’ por agentes da polícia. Observem bem ovídeo que ela postou. O rosto dela está limpo, não há hematoma visível em lugar nenhum. Ser filmado de muleta com cara sofrida qualquer um pode fazer. O mais curioso, no entanto, é que nas cenas de rua não aparecem os agressores nem cenas de agressão! Da mesma forma que no vídeo mostrado no artigo anterior, na hora do bem bom acaba o vídeo e só resta o áudio. Que pena, tsk, tsk...


Yoani resolveu fotografar seus perseguidores. Fotografou várias pessoas na rua e disse serem seus perseguidores. OK, vou sair por aí batendo fotos de transeuntes e colocar aqui no site dizendo que são meus perseguidores. Alguém acreditará? Claro que não, mas Yoani é blindada, tudo o que diz é verdadeiro por princípio, é matéria de fé e quem duvida é uma espécie de herege. Aliás, tudo o que se sabe sobre Yoani é o que Yoani diz. Não há provas, testemunhos, seu passado anterior ao lançamento do blog é totalmente desconhecido, também é totalmente desconhecida dos outros dissidentes, não trabalha, nem seu marido, mas se sustentam e, segundo fotos que ela mesma põe no blog, vivem muito bem para os padrões cubanos, alega que só usa a internet duas vezes por semana, mas faz postagens quase todos os dias (postou dias 12, 15, 16, 2 vezes no dia 18 e uma no dia 19).


No mundo atual que cultua Obama - um sujeito que gastou 2 milhões de dólares com advogados para não mostrar a certidão de nascimento, um documento que qualquer cidadão comum tira por internet - que acredita que a causa do ‘aquecimento global’ é a produção de CO² e que o comunismo acabou em 89, Yoani merece ser integrada ao panteão fraudulento de heróis.






[i] Não estou falando da mídia brasileira, a mais corrupta e fraudulenta de todas por sua unanimidade burra. Esta é inexpressiva em termos internacionais (quem mais lê Português?), mas me refiro à de todo o mundo, com as honrosas exceções de praxe.


Rep. Lincoln Diaz-Balart highlights grave condition of Martha Beatriz Roque on U.S. House floor




***



AS IM PESSOAS E LA BLOGUERA CARIÑOSA


HEITOR DE PAOLA


20/11/2009



II


AS IMPESSOAS


Após assistir ao vídeo, pense: aonde estava Yoani quando nove jornalistas da Red Cubana de Comunicadores Comunitários e dois dirigentes da oposição democrática se encontravam cercados pela polícia política na casa de Vladimiro Roca Antúnez, filho de Blas Roca Calderio, um dos fundadores do Partido Comunista? Seis mulheres e cinco homens, entre eles a economista Martha Beatriz Roque Cabello e o dono da casa que é dirigente social democrata pediam a devolução de uma mera câmera fotográfica: "La cámara fotográfica que estamos reclamando no es el objetivo final de esta protesta', sino "el símbolo de nuestros derechos''. Enquanto isto Yoani dispõe de laptop e acesso à internet e nas vezes em que é presa (?) e agredida (?) não lhe tomam o dito!


Marta Beatriz está muito fraca, quase sem forças e sua voz é muito tênue, apresenta calafrios e seus membros superiores estão paralisados. Somente através de gestões de última hora por via diplomática permitiram a entrada de um médico que diagnosticou graves problemas renais e descompensação metabólica. Vladimiro emitiu um comunicado pedindo pronunciamento internacional. O plantão terminou dia 18/11 para evitar mais violências. (Mais detalhes no NOTALATINA e no blog de Martha Beatriz).


Onde estava Yoani quando até o Diário las Américas publicava a carta do Dr. Oscar Elías Biscet González enviada da cela 123, relatando as cenas de humilhação a que foi submetido?


Por que nada acontece a Yoani num país onde só em agosto foram presas 100 pessoas por delito de opinião, somando-se em todo o ano mais de 1.000, a polícia agindo com extrema violência para dissolver atividades cívicas e manifestações pacíficas como não se via desde 2003, segundo informe da Revista Cubana Amanecer? Aonde é condenado a dois anos de prisão um cubano de 48 anos de idade, Juan Carlos González Marcos, conhecido como “Pánfilo”, simplesmente por dizer frente às câmeras de televisão que em seu país se passa fome?


Um relatório completo sobre a situação dos Direitos Humanos em Cuba de setembro de 2009 pode se encontrado na página do Consejo de Relatores de Derechos Humanos de Cuba. Um relatório da Human Rights Watch, New Castro, Same Cuba diz que Cuba nada mudou com a mudança de um Castro para outro. Detalhes fundamentais do relatório: uma lista de 53 presos políticos, descrição minuciosas de&nbspquatro casos ilustrativos, uma avaliação das condições desumanas das prisões, e muito mais. Yoani não está em nenhum destes relatórios. Será que alguém vai dizer que ela é uma coitadinha perseguida pelos dois lados por ser a única autêntica oposicionista? Ou vão continuar usando o ridículo argumento psicótico de que o governo tem medo dela porque haveria uma grita internacional? Uma revolução que matou dois de seus principais ícones, Camilo Cienfuegos e Che Guevara, e aprisionou um terceiro, Huber Mattos, por mais de vinte anos e matou, encarcerou e torturou dezenas de milhares de cubanos, e continua? Realmente, Raulzito deve estar tremendo de medo do poderio de la bloquera cariñosa! Ora, não me venham de borzeguins ao leito!


Segundo a organização REPORTEROS SIN FRONTERAS - CUBA a ilha é o segundo cárcere do mundo para jornalistas, depois da China. Quanto à internet, dizem textualmente: ‘qualquiera puede navegar por Internet...salvo los cubanos’. Raúl abriu aos cidadãos os hotéis que são dos poucos lugares onde se tem acesso à internet, mas os cubanos continuam sem poder se conectar (ver vídeo abaixo). Para autorizar a conexão exigem provas de que a pessoa vive longe da ilha. Em 3 de maio de 2008 Raúl permitiu aos cidadãos comuns possuírem computador, mas os preços são exorbitantes mesmo para os padrões dos países livres. Apesar disto, um internauta pode ser condenado a 20 anos de prisão se publica algum artigo ‘contra-revolucionário’ e a cinco se conecta-se ilegalmente à rede.


Se quiserem saber quem são os verdadeiros heróis cubanos, as impessoas, aqueles que a mídia se recusa a saber que existem, acessem Rostros de Héroes Cubanos o livro com o mesmo nome (414 pp) pode ser baixado aqui.


Outros sites que podem ser acessados pelos pesquisadores de história e que não interessam aos chutadores da mídia: Archivo Cuba, Baracutey cubano, Buena Vista Weblog, Human Rihts Watch Cuba, La Casa Cuba, Medicina Cubana, Payo Libre, Pinceladas de Cuba, Religion en revolucion, Reporte de Amnistia Internacional sobre Cuba, Rule of Law en Cuba, Sentencias de la Primavera Negra (2003), Union de Ex Presos Politicos Cubanos, Corriente Agramontista de Abogados Independientes, Instituto da Memória Histórica Cubana contra el Totalitarismo.


O ENCONTRO DE DUAS FRAUDES


Finalmente o Presidente que ninguém sabe onde nasceu encontra-se com a bloquera que ninguém sabe de onde veio! No dia 18 Yoani postou sete perguntas dirigidas a Raúl Castro e outras sete ao Obaminável. Pois dia 19, menos de 24 horas depois ele respondeu! Não parece coisa combinada? Para salvar a face Yoani disse que desde maio estava tentando fazer chegar a carta à Casa Branca, segundo declarações ao Globo do dia 20/11. Estranho é que no blog ela nada diz e se havia também outra carta para Raulzito por que não falou logo que mandou?


A meu ver o âmago da questão está na segunda parte da quarta pergunta:


Yoani: ¿Cuáles serían las condiciones previas que impondría su gobierno para iniciar un diálogo?


Resposta: Llevo tiempo diciendo que es hora de aplicar una diplomacia directa y sin condiciones, sea con amigos o enemigos.


Era tudo o que Raulzito precisava para enterrar de vez a existência dasimpessoas, pois esta sempre foi a condição principal: soltar os presos políticos e acabar com as prisões por delito de opinião.


E assim estará decretada a matança das impessoas que restam.


Peña Esclusa en “La Noche” de RCN de Colombia




El Presidente de UnoAmérica fue entrevistado por el canal colombiano RCN, en el programa La Noche, que dirige la periodista Claudia Gurizatti, sobre la crisis colombo-venezolana.

Alejandro Peña Esclusa explica por qué Chávez busca un conflicto con Colombia y cuáles son los escenarios que se avecinan.

Enoje-se você também - Visita de Ahmadinejad ao Brasil

Fonte: MrOV74

Manifeste sua indignação com a visita de Ahmadinejad ao Brasil, em 23 de novembro. O porco moluscular quer este tipo de gente "perto" de seus filhos. E não é acidente, erro ou imposição política de qualquer espécie, É POR AMOR AOS SOCIOPATAS, AMOR SEM FIM PELA DESGRAÇA, MISÉRIA, PODRIDÃO E DESTRUIÇÃO.

Clique e leia AQUI também.



NOTALATINA - A Cuba que eu conheço

Olá, amigos,
O Notalatina volta a falar de Cuba, da Cuba que eu conheço, e que passa ao largo das preocupações e denúncias que são divulgadas hoje em dia com grande alarde da mídia nacional e estrangeira.

Há três pequenos vídeos que contam uma história muito triste mas que não pode ser jogada para baixo do tapete porque eles são a cara real do regime dos Castro, onde a repressão vai muito além de uma "reprimenda". E não pensem que não tem nada a ver conosco pois tem sim!
Não deixem e ler e, se gostarem divulguem, mas não esqueçam de dar os créditos ao Notalatina.
Fiquem com Deus e até a próxima!
G. Salgueiro

Dilma, no dia 29 de outubro, portanto antes do apagão, GARANTE que no Brasil não aconteceria mais apagão.

Fonte: EBC SERVIÇOS

29/10/09


Cavaleiro do Templo: acreditatr na esquerda é acreditar que elefante bate as orelhas e voa. Vejam e ouçam, é a voz dela no áudio (acessível no artigo fonte, íntegra aqui) e a transcrição do trecho específico. Vejam que péssima entrevista, ela é pior que Lula. Faz de conta que sabe do que está falando, além do discurso para boi dormir característico desta forma de ver o mundo.


RÁDIO CAPITAL AM-SÃO PAULO (SP)/FRANCISCO: É ótimo saber que a ministra está com bastante saúde e disposição, acompanhando as obras do PAC em todo o país, e dando essa entrevista, para mostrar como o dinheiro é aplicado. A minha pergunta é sobre eletricidade, pois o Brasil viveu um apagão em 2001, já foram concluídas sete novas usinas e agora são construídas mais sete hidrelétricas pelo país todo. Eu tive a oportunidade de ir a Porto Velho há duas semanas e conheci as obras impressionantes de duas usinas no Rio Madeira, que começaram a fornecer energia, dentro de dois ou três anos. Santo Antônio e Girau, essa energia vai servir, não só para o norte do país, como para todas as demais regiões. Isso pode significar a completa certeza, de que não teremos um novo apagão?


MINISTRA:
Pode sim, pode significar essa certeza. Primeiro porque nós estamos sistematicamente fazendo como se faz na bicicleta, a gente não pode parar de construir usinas hidrelétricas, usinas térmicas, usinas eólicas, enfim, todas as fontes de preferência renováveis, para garantir que o Brasil não tenha apagão. Além disso, você veja, que essas duas usinas que você visitou, que são Santo Antônio e Girau, que são grandes usinas hidrelétricas, elas vão produzir mais de seis mil megawatts, as duas juntas. E uma linha de transmissão, que vai sair lá de Porto Velho e parar em São Paulo, em Araraquara, vai carregar essa energia, e distribuir pelo sistema interligado brasileiro. Então, nós também temos uma outra certeza, que não vai ter apagão, é que nós hoje voltamos a fazer planejamento. Então, nós olhamos, qual é a necessidade que o Brasil tem de energia nos próximos cinco anos? Nós ao olharmos isso, providenciamos as usinas que são necessárias para o Brasil. Se crescer a quatro, se crescer a cinco, se crescer a seis por cento ao ano tenha essas usinas disponibilizadas, é assim que funciona.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Novas enquetes no BLOG DO CLAUSEWITZ

Pessoal, vamos votar:

Para votar clique AQUI. Leiam abaixo o recado:

"Olá, amigo.

Peço permissão para propagandear novas pesquisas em meu blog. Face aos últimos acontecimentos, qual a similaridade que você vê entre Lula, Césare Battisti e Mahmoud Ahmadinejad e se você pudesse rebatizar o épico da dramaturgia estatal "Lula, o filho do Brasil", que novo nome você daria ao filme? Participem das mais novas enquetes do Blog do Clausewitz, mas votem logo antes que meu blog seja censurado pela Conferência Nacional de Comunicação (Confecom). Se acharem interessantes os temas abordados nas 5 enquetes, divulgue-as."

Para quem ainda não viu ou não sabe: COLOMBIA vs FARC - La computadora de Raúl Reyes

Fonte: webmia | 11 de março de 2008 | 2930 exibições

Hoy han comenzado a divulgarse algunos de las cartas (emails) encontrados en la computadora de Raúl Nuñez, segundo jefe de las FARC, y que ahora están en poder del Ejército colombiano y serán sometidos a análisis de autenticidad por los mejores especialistas del mundo. Estas cartas comprometen muy seriamente a Rafael Correa, presidente de Ecuador, por haber recibido fondos de las FARC para su campaña presidencial y a Hugo Chávez por el envío de dinero destinado al grupo narcotraficante y terrorista FARC.

Programa "A Mano Limpia" conducido por el periodista dominicano Oscar Haza por el Canal AmericaTeVe del lunes 10 de Marzo de 2008
.



Você viu nos vídeos acima Rafael Correa, o junior do Foro de São Paulo, dizer quer não pode confiar em Alvaro Uribe e em seu governo. Como todo bom socialista/comunista, Correa apenas está acusando seu adversário daqueilo que ele mesmo, Rafael Correa, é: uma pessoa em que não se pode confiar. Vejam o fiasco, o teatrinho de horror abaixo em dois outros vídeos.

Então, Rafael, é em você e no Foro de São Paulo que NINGUÉM PODE CONFIAR!!!



O "filme" mais patrocinado da história deste país

Fonte: COTURNO NOTURNO
TERÇA-FEIRA, NOVEMBRO 17, 2009



O 42º Festival de Cinema de Brasília, mais antigo festival do gênero no país, será aberto nesta terça-feira com a pré-estreia do filme Lula, o Filho do Brasil, de Fábio Barreto. Nunca na história deste país houve um filme tão patrocinado. Tem 15 patrocinadores e as cotas variaram entre R$ 1 e 2 milhões. A EBX de Eike Batista entrou com R$ 1 milhão. Até o SENAI, que faz parte da CNI, que é presidido por um deputado do PTB, entrou com uma cota. Três grandes construtoras também estão presentes na lista de apoiadoras do Lula. É interessante como muitas das empresas apoiadoras receberam grandes empréstimos do BNDES, no período:

  • A GDF Suez, que está construindo a Usina Hidrelétrica de Jirau, recebeu um financiamento de R$ 7,3 bilhões, que vai bancar 69% do investimento.
  • A AMBEV, que recebeu R$ 710 milhões em 2009, fechou uma fábrica em Mogi Mirim e demitiu quase 200 funcionários, é outra das apoiadoras. Casualmente, ao contrário de outras empresas, não teve críticas de Lula quando às suas decisões durante a crise.
  • A Rio Claro Agroindustrial da Odebrecht, recebeu R$ 419,5 milhões para suas operações;
  • A Neoenergia, que controla as distribuidoras de energia elétrica Coelba (BA), Celpe (PE) e Cosern (RN), recebeu um limite de crédito de R$ 2 bilhões do banco estatal;
  • A BNDES Participações (BNDESPar) detém 19,4% do capital do JBS Friboi e participou com R$ 1,4 bilhões das aquisições do grupo no exterior;
  • A IACO Agrícola, do grupo Grendene, teve R$ 634 milhões aprovados para construir usinas de açúcar e álcool.
  • A OAS é campeã. Lula negociou diretamente com Evo Morales a construção de uma estrada na Bolívia, no início do ano. Só a OAS participou da licitação. Valor do empréstimo: U$ 415 milhões.


Não existe nenhuma vantagem promocional para estas empresas estarem apoiando o filme sobre a vida de Lula. Sob o ponto-de-vista de marketing, é um péssimo investimento ou vão botar o Lula mamando uma brahminha, comprando um fuscão preto, com um minister nos beiços? Já como lobby e relacionamento com o governo, com toda a certeza, o investimento já teve um retorno mais do que garantido. A coisa toda cheira a pedágio. Em qualquer país minimamente obediente às leis, um filme assim já teria dado processo criminal e o mocinho virado bandido. Por aqui, vai ser um estrondoso sucesso de bilheteria.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Bondade mesquinha

Bondade mesquinha
http://www.olavodecarvalho.org/semana/091019dc.html


Olavo de Carvalho

Diário do Comércio, 19 de outubro de 2009



Mas o psicopata (ou sociopata) não é um doente mental da forma como nós o entendemos. O doente mental é o psicótico, que sofre com delírios, alucinações e não tem ciência do que faz. Vive uma realidade paralela. Se matar, terá atenuantes. O psicopata sabe exatamente o que está fazendo. Ele tem um transtorno de personalidade. É um estado de ser no qual existe um excesso de razão e ausência de emoção. Ele sabe o que faz, com quem e por quê. Mas não tem empatia, a capacidade de se pôr no lugar do outro.”

Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva

Psiquiatra e escritora, diretora das clínicas Medicina do Comportamento, no Rio e em São Paulo, onde atende pacientes e supervisiona tratamentos.


Nosso presidente, que jamais derramou uma lágrima pelos 40 mil brasileiros assassinados anualmente e muito menos fez algo para protegê-los, derreteu-se em prantos ante a escolha do Rio para sede dos próximos Jogos Olímpicos. Não é a primeira vez que ele dá mostras de sua notável capacidade lacrimejante. Ele chorou duplamente ao ser eleito e ao ser empossado, chorou vezes inumeráveis ao anunciar do alto dos palanques seus planos de governo, chorou no enterro do deputado petista Carlos Wilson, no das vítimas da chuva em Sta. Catarina e no dos mortos do acidente em Alcântara, chorou ao inaugurar o projeto "Luz Para Todos", chorou ao enaltecer seus próprios feitos num encontro de estudantes em São Paulo, chorou no Senegal dizendo que era de arrependimento pela escravatura, chorou ao prometer acabar com o desemprego em 2003 e depois novamente em 2006 (os desempregados continuam chorando até agora), e chorou quando o deputado Roberto Jefferson lhe falou do Mensalão: soluçou tão convulsivamente que ficou até parecendo que era o último a saber do imbroglio. São apenas amostras colhidas a esmo. Digitando "Lula chora" no Google obtive 29.600 respostas, e ante a mera perspectiva de examiná-las uma a uma quem sente ganas de chorar sou eu.


Diante dessa torrente de lágrimas, seria injusto negar que o sr. presidente tenha bons sentimentos. Que os tem, tem. O problema é que são morbidamente seletivos: para seus companheiros de militância, para os grupos sociais onde espera recrutar eleitores, e sobretudo para si próprio, coitadinho, é uma comoção arrebatadora, um enternecimento irresistível, um transbordamento de compaixão sem fim. Para os demais, tudo o que ele tem a oferecer é aquela forma requintada de crueldade passiva que se chama a indiferença. Incluem-se nessa categoria os 40 mil acima mencionados, as crianças brasileiras envenenadas pelas drogas das Farc, os malditos 17 mil reacionários fuzilados por seu amigo Fidel Castro e sobretudo as vítimas do terrorismo nacional, cujas famílias vivem no mais abjeto esquecimento enquanto os assassinos de seus pais e avós se empanturram de verbas federais, seja na condição de "indenizados", seja na de ministros, senadores, deputados, chefes de gabinete etc. etc. etc.


Longe de mim a suspeita de que as lágrimas de S. Excia. sejam fingidas. É justamente a espontaneidade delas que mostra o quanto os bons instintos presidenciais são seletivos, daquela seletividade natural e até inconsciente que revela, num instante, uma personalidade, a forma inteira de uma alma e de uma consciência. Se essa seletividade privilegia, enfatiza e enaltece com naturalidade espantosa os interesses político-publicitários do sr. presidente e ao mesmo tempo o torna cego e insensível para tudo o mais, não é porque haja nela alguma premeditação astuta, mas, bem ao contrário, é porque, simplesmente, ele é assim.


Sua consciência moral, em suma, é deformada pelo longo hábito, meio partidário, meio mafioso, da separação estanque entre os "amigos" e os "outros", entre "gente nossa" e "aquela gente". Se seus acessos de bondade vêm a ser sempre politicamente oportunos, não é porque ele os planeje, mas porque, no fundo da sua alma, ele não consegue conceber o bem senão sob a forma estreita e específica de uma estratégia partidária, sendo perfeitamente indiferente a tudo o que fique fora ou acima dela.


Especialmente acima. A prova mais patente da sua insensibilidade a quaisquer valores que transcendam a luta partidária veio logo após sua audiência com o Papa -- momento culminante na vida de todo fiel católico --, quando, tendo comungado sem confessar, redobrou a blasfêmia ao fazer chacota do ocorrido, dizendo que assim procedera por ser alma sem pecados (veja a entrevista abaixo com o autor do artigo).



Para esse homem, até mesmo a religião que diz professar ardentemente não tem nenhum significado em si mesma, o Deus que ele diz adorar não tem nenhuma autoridade moral para julgá-lo, devendo antes amoldar-se com humildade à condição de personagem de piada instrumental ad majorem Lulis gloriam. Que depois, na África, ele exiba arrependimento por uma escravatura que jamais praticou, e faça acompanhar suas lágrimas da conveniente citação papal, eis aí a prova de que, na escala da sua consciência, sua alma cristã tem mais satisfações a prestar ante o auditório imediato do que ante o Juízo Final.


Subjugando ao oportunismo partidário mesmo aquilo que há de mais alto e venerável, suas efusões de bondade não são senão expressões visíveis de uma mesquinharia profunda, de uma pequenez de alma que, para dizer o mínimo, não é um bom exemplo para se dar às crianças.


Desprovido, ao menos aparentemente, da truculência natural de um Fidel Castro ou de um Pol-Pot, bem como da fanfarronice histriônica de um Hugo Chávez, esse homem traz no coração, como eles, aquela típica mistura de insensibilidade moral e sentimentalismo kitschque que caracteriza os sociopatas. Sua indiferença ao sofrimento real dos estranhos ao seu círculo de interesses contrasta de tal modo com suas tiradas de autopiedade obscena e com seu emocionalismo à flor da pele nas ocasiões politicamente convenientes, que não vejo como escapar à conclusão de que S. Excia. é uma alma deformada, cuja feiúra, exibida com ingênuo despudor a cada novo pronunciamento seu, condensa simbolicamente a miséria geral da época.

O Hospital da Mulher não tem problema algum, está no prazo e tudo é divino e maravilhoso. Tá na propaganda!

Fonte: BLOG DO WANFIL
18/11/2009

A Prefeitura de Fortaleza tem veiculado uma propaganda sobre o Hospital da Mulher no melhor estilo “duplipensar”, celebrado por George Orwell na clássica distopia 1984. O truque consiste em tomar a mentira por verdade de forma calculada e mais doentio ainda, sincera (ver nota abaixo). Vejam o vídeo da peça que também pode ser conferida na página da PMF.



Reparem no trecho inicial, narrado não por acaso por uma voz feminina: “Para tratar exclusivamente da saúde feminina a Prefeitura de Fortaleza está investindo 66 milhões de reais na construção do Hospital da Mulher. As obras seguem o ritmo previsto. No primeiro de quatro blocos, onde vão funcionar os consultórios, as construções estão bem avançadas”.

A verdade
O valor citado de 66 milhões de reais não é um investimento integral da Prefeitura de Fortaleza. O texto omite que cerca de 11 milhões são do Governo Federal, e que sobre esse valor o TCU já relatou suspeitas de sobrepreço na obra, na ordem de 4 milhões.


De resto, não bastasse a evidência constrangedora de que o Hospital da Mulher foi uma promessa para o primeiro mandato de Luizianne Lins, fato que prova o atraso na construção, resta concluir que após sucessivas prorrogações de prazo, as obras sempre estarão “no ritmo previsto”, dado o rigor e a firmeza de quem o estipula. Dizer que não existe atraso é mais do que uma simples mentira, é apostar que as pessoas são idiotas. (Ver post
Luizianne e o Hospital da Mulher na hora de pedir voto).


Duplipensar
No início deste post citei o escritor George Orwell, que magistralmente registrou a capacidade de algumas pessoas de viver em contradição sem nunca reconhecer um erro. Orwell a chamou de “duplipensar”: uma técnica totalitária que consiste em enganar a memória. Abaixo transcrevo uma breve passagem do livro, para definir digo:


“Saber e não saber, ter consciência de completa veracidade ao exprimir mentiras cuidadosamente arquitetadas, defender simultaneamente duas opiniões opostas, sabendo-as contraditórias e ainda assim acreditando em ambas; usar a lógica contra a lógica, repudiar a moralidade em nome da moralidade, crer na impossibilidade da democracia e que o Partido era o guardião da democracia; esquecer tudo quanto fosse necessário esquecer, trazê-lo à memória prontamente no momento preciso, e depois torná-lo a esquecer; e acima de tudo, aplicar o próprio processo ao processo. Essa era a sutileza derradeira: induzir conscientemente a inconsciência, e então, tornar-se inconsciente do ato de hipnose que se acabava de realizar. Até para compreender a palavra “duplipensar” era necessário usar o duplipensar”.

1,5 Milhões de Pessoas Infectadas na Ucrânia: o que Aconteceria com Outros Países?

Fonte: A NOVA ORDEM MUNDIAL
WEDNESDAY, 18 NOVEMBER 2009


De acordo com relatórios sobre o progresso da epidemia nas regiões afectadas, existem hoje aproximadamente 1,5 milhões de casos de pessoas infectadas por um vírus ainda não identificado na Ucrânia, com 328 mortos. O que aconteceria em outros países, se um vírus com uma taxa de transmissão semelhantes infectasse sua população?


A progressão do surto foi a seguinte:
Em 2 de novembro, 255.516 foram infectadas
Em 4 de novembro, 478.456 foram infectadas
Em 5 de novembro, 633.877 foram infectadas
Em 7 de novembro, 871.037 foram infectadas
Em 8 de novembro, 969.247 foram infectadas
Em 9 de novembro, 1.031.597 foram infectados
Em 17 de novembro, 1.457.564 foram infectados

Em outras palavras, houve um aumento de 470% nas infecções em apenas 15 dias. A população da Ucrânia é um pouco maior que 46 milhões. Isso significa que 3% da população foi infectada em pouco mais de duas semanas.

Taxa de mortes é a proporção de mortes dentro de uma população designada de pessoas com uma condição especial, durante um determinado período de tempo. A taxa para a gripe espanhola de 1918 foi superior a 2,5%, cerca de 0,1% para as gripes asiáticas e de Hong Kong.

A taxa de letalidade do vírus da Ucrânia pneumónica foi calculado por alguns especialistas entre 0,5% e 0,7%. Segundo a OMS, o vírus da Ucrânia está provocando uma mortalidade de .02%, o que parece ser um erro de cálculo grave ou dolo.

Excluindo fatores como a estrutura etária, densidade populacional e outras variáveis específicas que podem alterar as taxas de transmissão, aqui está uma análise do que poderia acontecer com outros países, se o mesmo vírus atingisse com uma taxa de infecção semelhantes:


País
Infectados em potencial
após 15 dias (3%)
Mortos em potencial
após 15 dias (0.6%)
Austrália
661.770
3.970
Brasil
5.737.251
34.423
China
40.025.700
240.154
Croatia
133.051
798
Índia
35.181.600
211.089
México
3.226,520
19.359
Noruega
145.371
872
Holanda
497.229
2.983
Reino Unido
1.849.037
11.094
EUA
9.238.740
55.432

Estes cenários são modestos para os países mais povoados, especialmente se as populações são densas.

Fontes:

Notícias relacionadas :

gripe suina

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".