Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 20 de março de 2012

Thor filho de Eike Batista abusava da velocidade e não podia estar dirigindo, e aí?



Enviado por  em 20/03/2012

Eu ainda não tinha comentado sobre esse assunto bárbaro do Thor Batista, filho de Eike Batista, mas agora já começa a surgir muitos fatos estranhos, conforme as matérias abaixo, e faço alguns comentários.

Por exemplo, algumas dúvidas que precisam ser esclarecidas:

Quem está mentindo, a vítima morreu por que estava atravessando a via, ou foi atropelada no acostamento ?

Isso por que, familiares dizem que a vítima não precisaria atravessar a via, já que mora do lado em que pedalava a sua bicicleta.

Onde foi realizado o teste do bafômetro no Thor Batista ?

Isso por que testemunhas alegam que assim que aconteceu o acidente, seguranças do filho do Eike Batista o teriam retirado do local do acidente, e somente voltado duas horas depois.

Por que o carro de Thor Batista foi liberado no mesmo dia ?

Thor Batista junto com o seu pai insiste em dizer que ele estava dirigindo no limite permitido de velocidade, que seria em torno de 110 Km/h.

Mas como explicar a violência da batida, o corpo da vítima chegou a ser dilacerado, o teto do carro de Thor batista rasgado, e nós estamos falando de um dos carros mais caros do mundo, que são fabricados com a melhor tecnologia, principalmente, no quesito resistência da lataria.

Como dito acima, Thor Batista insiste em dizer que estava dirigindo no limite permitido, mas como ele explica o seu antecedente de motorista, em menos de dois anos de habilitação, várias multas, e todas por excesso de velocidade?

Thor Batista tinha várias multas em sua habilitação quando estava no seu primeiro ano de habilitação (estágio), o que pela lei não poderia ter recebido a sua carteira definitiva, como isso aconteceu ? Falha no Detran ?

Alguém já verificou junto ao Detran as datas em que as multas foram lançadas no sistema ? E a data em que Thor batista recebeu a sua habilitação definitiva ?

Thor Batista hoje tem mais de 20 pontos na carteira, precisamente 51, por que o Detran após esse grave acidente, conforme a lei manda (quem tiver mais de 20 pontos em um ano) não mandou apreender a carteira de motorista dele ?

Outro detalhe, Thor Batista diz que não bebeu, e que inclusive fez o teste do bafômetro, onde ainda não se sabe, mas já foi provado que ele estava em um restaurante em Itaipava antes do acidente, por que a Polícia não tentou obter imagens do local, para saber se realmente ele não bebeu ?

De um lado temos o filho do homem mais rico do Brasil, e de outro um cidadão pobre que foi atropelado e morreu, todo mundo sabe como as coisas funcionam no Brasil, por isso é legítimo as minhas dúvidas.

Que a polícia e a justiça seja isenta, e que façam um trabalho sério e impárcial, e por outro lado, a imprensa faça o seu papel de fiscalizar e denunciar.

A conferir.

Em tempo, isso é muito sério, essas dúvidas esclarecidas decidirão se Thor batista responderá por homicídio culposo ou doloso.

Em tempo 2, Thor Batista pela "lei" não poderia estar dirigindo quando matou, e a "lei" diz que ninguém pode alegar o desconhecimento da "lei" para justificar qualquer crime ou ato ilícito, e aí ?

Um comentário:

Tarzan disse...

Ao mesmo tempo, temos outra pergunta interessante:

- Por que o corpo da vítima foi imediatamente liberado para a família sem qualquer teste de embriaguez da vítima, mesmo que o advogado do "Thor" tenha pedido o teste?

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".