Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

As idéias socialistas e comunistas produziram o maior mal da história

 

SENTINELA CATÓLICO

Postado em September 5, 2012 por Sentinela Católico

Walter-WilliamsPor Walter Willians:

Na Europa, especialmente na Alemanha, ostentar uma suástica, emblema da bandeira nazista, é um crime. Por décadas depois da Segunda Guerra Mundial, pessoas têm investigado e procurado punir os assassinos nazistas, a quem responsabilizam a morte de cerca de 20 milhões de pessoas.

AQUI ESTÁ MINHA pergunta: Por que os horrores do nazismo são bem conhecidos e amplamente condenados, mas não os do socialismo e do comunismo? O que é ignorado – e possivelmente encoberto – é que as ideias socialistas e comunistas produziram o maior mal da história. Você pode dizer: ‘Willian, de que você está falando? Socialistas, comunistas e ou seus companheiros de viagens, tais como os integrantes do Wall Street occupiers (definição americana par aos membros do movimento Occupie Wall Street) suportados por nosso presidente (Barack Obama), são rapazes que lutam por um tratamento justo! Eles tentam promover a justiça social”. Vamos dar uma olhada na história do socialismo e do comunismo:

O que não fica entendido é que o nazismo é uma espécie de socialismo. Na verdade, o termo “Nazista” é uma abreviatura para Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Os atos inomináveis de Adolf Hitler empalidecem em comparação com os horrores cometidos pelos comunistas na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e na República Popular da China. Entre 1917 e 1987, Vladmir Lênin, Josef Stalin e seus sucessores assassinaram ou de alguma maneira levaram a morte 62 milhões de pessoas do seu próprio povo. Entre 1949 e 1987, o comunismo da China, liderado por Mao Tse-tung e seus sucessores, assassinaram ou de alguma maneira foram responsáveis pela morte de 76 milhões de chineses. O regime mais autoritário e mais assassino da história está documentado no web site do professor Rudolph J. Rummel da Universidade do Hawaii, no endereçohttp://www.hawaii.edu/powerkills, e no seu livro Death By Government.

Quanto investigação e punição houveram apara esses assassinos comunistas?Ao contrário, é aceitável que na Europa e nos Estados Unidos içar e marchar sob a bandeira vermelha da ex-URSS, estampada com o martelo e a foice. Mao Tse Tung é amplamente admirado por acadêmicos e esquerdistas por todo o nosso país, muitas vezes marchando e cantando louvores a Mao, portando o seu livrinho vermelho, Citações do Presidente Mao Tse-tung. A diretora de comunicações do presidente Barack Obama, Annita Dunn, em seu discurso inaugural de 2009 para a Escola Secundária Anglicana St. Andrews, na Catedral Nacional de Washington, disse que Mao era um de seus heróis.

Seja a comunidade acadêmica, a elite midiática, militantes do Partido Democrata e organizações como a NAACP, National Concil of La Raza (Organização extremista e racista que dentre outras coisas, reivindica a posse por parte do México dos estados do Arizona, Novo México, Flórida e Texas), Green For All, o Sierra Club e o Children’s Defense Fund, há uma grande tolerância para as ideias socialistas. – Um sistema (de governo) que causou mais mortes e miséria humana do que todos os outros sistemas combinados.

Os esquerdistas, progressistas e socialistas de hoje se arrepiam com as hipóteses de que sua agenda pouco difere a dos assassinos em massa Nazistas, Soviéticos e Maoistas. Uma destas é que não precisa ser favorável a compôs de concentração ou guerras de conquistas para ser um tirano. O único requisito que precisa é acreditar na primazia do Estado sobre os direitos individuais.

Os horrores inomináveis do Nazismo não aconteceram do nada. Eles foram simplesmente o resultado final de uma longa evolução de idéias levando a consolidação do poder no governo central na busca por "justiça social". Elas são descendentes de gerações anteriores de alemães equivocadas – que escolheram um pensamento genocida – que criaram o cavalo de Tróia para a ascensão de Hitler. Os americanos de hoje estão igualmente aceitando concentração de poder massiva em Washington em nome da justiça social. Se você não acredite, pergunte a si mesmo: Qual o caminho que estamos indo a um passo de cada vez: Para uma maior liberdade ou para um maior controle governamental sobre nossas vidas?

Talvez pensemos que somos seres humanos melhores do que os alemães que criaram as condições que levaram Hitler ao poder. Eu digo, não contem com isso.

Fonte: http://conservativechronicle.com/index163.htm#ixzz25dK1fhD8

Artigo Original: Liberals, progressives and socialists

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".