Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 17 de julho de 2012

RETORNO DO MÉDICO CUBANO SEMPRE AO LADO DE CHÁVEZ INDICA QUE CÂNCER DO CAUDILHO SE AGRAVOU

 

BLOG DO ALUIZIO AMORIM

Terça-feira, Julho 17, 2012

 

O médico cubano, conforme mostra a seta, segue de perto todos os passos do caudilho. Hacer clic en las fotos para ver más grandes

O jornalista Nelson Bocaranca, considerado um dos mais bem informados da Venezuela, tendo sido o primeiro que revelou ao mundo que Hugo Chávez estava com câncer, traz novidades sobre o estado de saúde do caudilho. Faço uma tradução livre do espanhol para o português da primeira parte da nota de Bocaranda, como segue:

"Ante o questionamento que muitos de nossos leitores fazem de um suposto silêncio meu em toprno da enfermidade do presidente Chávez, devo recordar que somente tenho escrito sobre seu câncer quando há notícias e não para me manter ligado a seu caso de forma diária ou semanal.

Logo deverá realizar-se uma checagem completa, entre o que se inclui o PET Scan (Positron Emmision Tomography), para conhecer realmente qual é o avanço ou paralisação de seu câncer e as zonas que estarão afetadas. Se isto será feito em Havana ou Caracas dependerá somente de sua vontade.

Até agora a única novidade é a colocação de um espécie de bombinha conectada de forma sub-cutânea para lançar micro doses de um potente calmante em seu músculo esquerdo quando caminha ou sobe escadas".

O jornalista também chama a atenção para o fato de que o médico cubano, conhecido como a sombra de Chávez, voltou a ser acionado segue o caudilho de perto, conforme atesta esse trabalho fotográfico do site NotíciasClic, citado por Bocaranda. Sugiro também que visitem o site S.O.S Chávez que também, tem uma matéria a respeito da combalida saúde do velho caudilho venezuelano. O reaparecimento do médico cubano permanentemente ao lado de Chávez indica que o estado de saúde do caudilho é, no mínimo, delicado, se não estiver seriamente deteriorado. Transcrevo no original em espanhol a nota da coluna Runrunes, de Nelson Bocaranda, e respectivo link:

EN ESPAÑOL - Ante el cuestionamiento que muchos de nuestros lectores hacen de un supuesto silencio mío en torno a la enfermedad del presidente Chávez debo recordarles que sólo he escrito en torno a su cáncer cuando hay noticias y no escribir para mantenerme ligado a su caso de forma diaria o semanal.

Pronto deberá realizarse un chequeo completo, entre el que se incluye el PET Scan (Positron Emmision Tomography), para conocer realmente cual es el avance o detención de su cáncer y las zonas que estarán afectadas. Si se lo hace en La Habana o Caracas dependerá solamente de su voluntad.

Hasta ahora la única novedad es la colocación de una especie de bombita conectada de forma sub-cutánea para lanzar micro dosis de un potente calmante en su muslo izquierdo cuando camina o sube escalones.

Aquí nuestro segmento de la próxima columna del martes: “Reitero que la procesión de su salud va por dentro. El efecto de los medicamentos y esteroides le dan la apariencia externa. El maquillaje ayuda a llenar los espacios más notorios de cualquier deterioro en su rostro. Por estos días debe hacerse su PET Scan. Allí sabrá cómo está el cáncer. Mientras “la bombita” con un potente calmante en su pierna izquierda le da la posibilidad de caminar y subir escalones con el dolor mitigado. Sin embargo, acostumbrados como estamos a su incontinencia verbal, al caudillo le dan vuelta en su laberinto muchos pensamientos encontrados. Los que lo enfrentan con una realidad que no desapareció solo por cambiar las palabras “patria, socialismo y muerte” por “independencia y patria socialista, viviremos y venceremos”. Solo el sábado expresó lo siguiente:

“Ustedes tienen razón, porque aún después de esta vida, cuando uno se vaya físicamente, yo sé que yo me quedaré con ustedes ¡Uh, ah, Chávez no se va! Pero, ustedes no se refieren solo a mí. Chávez ya no soy yo, Chávez se hizo un pueblo. Por eso yo digo tú también eres Chávez joven venezolano, tú también eres Chávez joven venezolana”. Por cierto, NoticiasClic.com tiene dos trabajos fotográficos donde se aprecia el accionar del médico cubano que dirige y controla los movimientos del impaciente paciente. Más claro no canta un gallo, así sea el rojo del PCV…” Do site Runrunes

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".