Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Grupo reage e ataca policiais na região da cracolândia, em SP


LUCIANO AYAN

Fonte: Folha.com

Dois policiais militares foram agredidos por um grupo de cerca de cem pessoas na região da cracolândia, no centro de São Paulo, quando revistavam usuários de crack, na madrugada de ontem (16). Essa é primeira agressão registrada contra PMs desde o início da operação na região, no último dia 3.

A informação é da reportagem de Rogério Pagnan publicada na edição desta terça-feira da Folha. A reportagem completa está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

Segundo o texto, os policiais agredidos tiveram ferimentos no rosto e pernas e tiveram parte da farda rasgada. Três agressores acabaram detidos e levados para a delegacia. Após o registro de desacato, desobediência e lesão corporal, eles foram liberados. Não houve registro de porte de drogas.

Em razão do ataque, segundo o comando da PM, os policiais foram orientados a não fazer revistas isolados. Devem fazê-las em grupo ou com apoio próximo.

Meus comentários

Estão aí os resultados de tanta apologia e tolerância ao crime praticada pelos esquerdistas, em especial com o uso das rotinas de incitação de ódio contra a polícia.

Até quanto vamos tolerar que eles cometam atos que GEREM consequências como esta vista na notícia da Folha?

3 comentários:

Anônimo disse...

De Delmar Philippsen que entendemos absolutamente cabível diante da patifaria que toma conta do poder público:





“Se você:

- é desinformado ou

- é ignorante ou

- é idiota ou

- acredita que o mensalão nunca existiu e que é golpe da mídia ou

- acredita que é golpe da "direita' a demissão de seis ministros corruptos, e mais dois na fila ou

- acredita que a VEJA, o Estadão e a Folha mentem sobre a roubalheira dos governos mais corruptos do mundo inaugurados em 2003 ou

- que acreditou naquela mentira de 2002, onde Lula, Dirceu e outros afirmavam categoricamente: "o PT não rouba e não deixa roubar"ou



PRINCIPALMENTE



- se você é vigarista ou

- se você é ladrão ou

- se você é corrupto ou

- se você é mentiroso, caluniador e difamador, ou

- se você é sócio de traficantes de drogas como o PT é (sócio das FARC no Foro de São Paulo) ou

- se você é um ex-guerrilheiro que mente descaradamente dizendo que combatia a ditadura para recuperar a democracia e não implantar uma ditadura comunista, ou

- se você é assaltante do Tesouro Nacional ou de estatais ou

- se você é "dono" de uma ONG que rouba dinheiro público ou

- se você entende que, uma vez que um governo trabalhe à favor do povo, melhorando a vida da população, o governante de plantão e seus aliados podem roubar à vontade ou

- se você apóia um partido que não tem o mínimo respeito pela dignidade dos adversários ou

- se você é um jornalista que se vende ao PT, ou pior, justifica todas as bandalheiras que passaram a ocorrer a partir de 2003, por "amor" ao partido ou

- se você é o mais acabado e refinado canalha,

ENTÃO se MOBILIZE, FILIE-SE AO PT!

Com sorte, você terá sua ficha abonada pelo político mais bravateiro, vigarista, mentiroso, caluniador, velhaco, corrupto e ladrão que o Brasil jamais produziu. Sim, ele mesmo: Lula.

edmarfranco disse...

Amigo Cavaleiro.
Paz em Cristo!
Só discordo do termo "reagir" que é incompatível com o teor da notícia.Esta horda de drogados somente pode atacar.Reagir é característico é alusivo à vitimologia
Forte abraço!

Canal Verdades: vídeos do Cavaleiro do Templo disse...

Bem observado, Edmar. Perfeito.

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".