Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

FRAUDE E INDUÇÃO LGBT: como e onde o GRUPO GAY DA BAHIA (GGB) dissemina “oficialmente” suas mentiras

 

ADHT: DEFESAHETERO.ORG

ScreenShot297

A Polícia não tem nenhum indício da motivação mas o vídeo da REDE RECORD (R7) e LUIZ MOTT já descobriram o motivo: o assassinato ocorreu por serem homossexuais.

 

Este é o nome do blog criado pelo LUIZ MOTT e o GGB, Grupo Gay da Bahia, para mentir como um psicótico E INDUZIR TODA A SOCIEDADE A ERRO, qual seja:

HOMOSSEXUAIS ESTÃO SENDO MASSACRADOS NO BRASIL APENAS POR SEREM HOMOSSEXUAIS

O nome do blog é “QUEM A HOMOFOBIA MATOU HOJE?” e encontra-se AQUI.

Passeando pelo blog encontramos trechos de matérias da grande mídia com enxertos e/ou adulterações do editor ou editores do blog para fazer crer que os assassinatos e outros crimes aconteceram, todos eles, por que as vítmias eram homossexuais.

Logo de cara temos este caso e o texto publicado no blog (SIC):

ScreenShot298

http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/estudante-morto-havia-se-envolvido-em-briga-por-ser-homossexual-diz-irma-20120717.html

17/07/2012

O estudante de 19 anos, morto com um tiro na cabeça na madrugada desta terça-feira (17) no Jardim Popular, zona leste de São Paulo, havia se envolvido em um “desentendimento por ser homossexual” há cerca de três semanas. A informação foi dada pela irmã do jovem à polícia.

A polícia, no entanto, diz não ser possível afirmar nem descartar a hipótese de crime motivado por homofobia. De acordo com o delegado José Francisco Rodrigues, do 24º DP (Ponte Rasacom), o jovem e um amigo de 18 anos, que também foi baleado mas passa bem, eram conhecidos por arrumar confusões no bairro, e o crime pode ter sido uma retaliação.


Um estudante morre e outro é ferido em ataque na zona leste

Rodrigues afirmou que ainda é muito cedo para falar sobre os motivos do crime e que, por enquanto, a polícia não pode passar mais informações sobre o caso para não atrapalhar as investigações.

Segundo ele, duas equipes da Polícia Civil estão nas ruas “trabalhando intensivamente” para cuidar do caso. Até agora ninguém foi preso.

Familiares do jovem morto informaram que as acusações de que ele e o amigo eram conhecidos por arrumavar confusões são mentiroras e alegou que os dois tinham um ótimo comportamento.

O crime

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2012-07-17/um-estudante-morre-e-outro-e-ferido-em-ataque-na-zona-leste-de-sp.html

Segundo contou à polícia o estudante de 18 anos baleado no rosto, ele e o jovem morto estavam num ponto de ônibus na esquina da avenida Calim Eid com a rua Corin quando um motorista de táxi que aparentava ter 60 anos desceu do carro e começou a atirar contra eles. Ele disse que um dos estudantes havia acenado para o táxi antes, mas decidiram não pegá-lo.

Após os disparos, o motorista fugiu. Policiais militares chegaram e encontraram um dos jovens caído no chão com um ferimento na cabeça e o outro com um ferimento no rosto. Eles foram levados ao hospital Ermelino Matarazzo, onde o rapaz de 19 anos morreu e o outro estudante foi medicado e liberado.

O crime ocorreu por volta da 0h45.

Irmã de jovem morto por taxista pede justiça pelo crime homofóbico

Estudante morto havia se envolvido em briga por ser homossexual,

diz irmã

http://www.dirigida.com.br/news/pt_br/estudante_morto_havia_se_envolvido_em_briga_por_ser_homossexual_r7/redirect_9389924.html

O estudante de 19 anos, morto com um tiro na cabeça na madrugada desta terça-feira (17) no Jardim Popular, zona leste de São Paulo, havia se envolvido em um “desentendimento por ser homossexual” há cerca de três semanas. A informação foi dada pela irmã do jovem à polícia.

A polícia, no entanto, diz não ser possível afirmar nem descartar a hipótese de crime motivado por homofobia. Segundo as investigações, o jovem e um amigo de 18 anos, que também foi baleado mas passa bem, eram conhecidos por arrumar confusões no bairro, e o crime pode ter sido uma retaliação. A polícia, no entanto, nunca foi acionada em nenhuma dessas supostas confusões e não há registro oficial delas.

 

__________________________

 

Voltando

No Facebook da outra vítima temos a seguinte declaração:

Alexandre Verissimo Giroldo · 123 assinantes

terça às 08:51 ·

  • Nesta madrugada mais ou menos meia noite estavamos Erick Aquino Tarso Carmona e eu na avenida Tiquatira no ponto de onibus, nos apontamos para um taxi mas nem fomos até ele, nisso ele ficou lá por uns 5 minutos e do nada o taxista atirou na gente, o 1º tirou passou no meu rosto e atingiu na cabeça o Tarso, enfim vim aqui avisar as pessoas sobre o acontecido! o velório dele será no cemitério da Saudade na Av.Pires do Rio (São Miguel), logo aviso a hora! Tarso vai fazer muita falta bee te amamos ♥

Ou seja, nem mesmo ele, que graças a Deus sobreviveu sem sequelas, NÃO HÁ UMA ÚNICA NOTA SOBRE O CRIME TER ACONTECIDO POR SEREM ELES TRÊS HOMOSSEXUAIS.

A Polícia não tem nenhum indício da motivação mas o vídeo da REDE RECORD (R7) e LUIZ MOTT já descobriram o motivo: o assassinato ocorreu por serem homossexuais.

ISTO É FRAUDE, ISTO É INDUÇÃO.

Mas o pior não é isto! Procurem no blog do GGB e vejam que TODAS as matérias fazem uso deste mesmo expediente, o da FRAUDE e da INDUÇÃO.

Vejam também o que JEAN WYLLYS, o deputado federal que teve 13.018 votos em TODO O ESTADO DO RIO DE JANEIRO diz ser HOMOFOBIA e, portanto, o que nos espera se aprovadas as leis homossexuais:

 ScreenShot253

 ScreenShot254

 

Antes de passar mal em público, pergunte se entre as pessoas ao teu lado existe algum ou alguma pessoa homossexual.

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".