Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

sábado, 3 de dezembro de 2011

A GRANDE MÍDIA BRASILEIRA E SEU ALINHAMENTO AOS ESBIRROS BOTOCUDOS DA 'ELITE GLOBALISTA'

BLOG DO ALUÍZIO AMORIM
Terça-feira, Novembro 29, 2011

Experimentem a compulsar os jornais desta terça-feira. Mas se não quiser jogar dinheiro fora comprando-os, dê uma olhada nos seus sites. Navegue pelos principais: Folha de São Paulo, Estado de São Paulo e O Globo. Se descobrir lá alguma matéria interessane que tenha impacto, que revele algo insólito e inaudito, me avise. Use o espaço de comentário do leitor aqui no blog.

Pelo que vi nos jornalões desta terça-feira pela internet não há nenhuma matéria, nenhum artigo consequente. O Estadão ainda teve a coragem de reproduzir matéria da revista New Yorker que fala em nome dos brasileiros, generalizando a afirmativa de que ninguém acredita que Dilma Rousseff seja corrupta. Destaca também que tem sido muito mais dura do que Lula no combate à corrupção.

Que o diga Lupi... hehe...

Recheados de releases governamentais, de pautas encomendadas e de artigos em favor do governo do PT, os veículos da maioria da grande imprensa brasileira tornaram-se diários oficiais do PT e, por isso, perderam a graça. Todos eles batem apenas ao governo paulista e na prefeitura paulistana, quando se sabe que em quase um década no poder o lulismo transformou "estepaís" num caldeirão de violência, num viveiro de mal-educados, grosseiros, estúpidos e idiotas. Não que os governos paulistas estadual e municipal de São Paulo não devam ser denunciados quando descambam para a prática da corrupção. Mas não apenas e somente São Paulo que, por sinal, pode ser citado como exemplo de Estado eficiente para o resto do país. Haja vista que São Paulo, o Estado e a capital principalmente, sustentam mais da metade do Brasil!

Entretanto, a grande imprensa brasileira, em sua maioria, engajou-se na campanha eleitoral petista que deseja entregar a prefeitura paulistana ao vazador do Enem e coiteiro de vagabundos que vandalizam a Universidade de São Paulo.

E aí eu indago aos prezados leitores aqui do blog se lhes interessa saber do Protocolo de Kyoto ou de quantos barris de petróleo escaparam da prospecção da Chevron e se, por exemplo, os jornalistas da Folha de S. Paulo refletem a verdade do que acontece no Brasil e se oferecem análises e críticas que não se fundamentem basicamente no pensamento politicamente correto?
Ou ainda, se reportam com exatidão as arruaças promovidas por aquele bando de catinguentos e maconheiros que infestam a USP. Se escrevem reportagens revelando a criminosa ação do Foro de São Paulo, a entidade esquerdista criada por Lula e seus sequazes cucarachas para implantar o socialismo no continente latino-americado? Se mostram com a devida acurácia a vida desgraçada dos cubanos debaixo do chicote de Fidel Castro ou dos bolivianos sob o domínio do índio de araque ou ainda do povo equatoriano sob o tacão do lazarento Rafael Correa que amordaçou a imprensa e, ainda dos venezuelanos sob o coturno do coronel Hugo Chávez.

E o que dizem daquele movimento idiota que ocorre nos Estados Unidos e que mereceu um artigo especial de minha lavra aqui no blog em post mais abaixo? Ora, quando falam em Occupy Wall Street é para qualificar de revolucionário aquele bando de vagabundos a soldo de Obama e George Soros.

Enfim, daria para estender este post mostrando como os fatos que merecem ser notícia são miseravelmente escamoteados, o que comprova o lamentável alinhamento da grande mídia brasileira aos esbirros botocudos da 'elite globalista'.

Como jornalista posso afirmar que as pessoas que apenas lêem jornais, vêem televisão e escutam o rádio - principalmente a porcaria da CBN politicamente correta - não possuem informação completa. Na atualidade, os blogs independentes dão de relho na maioria dos veículos tradicionais da grande imprensa. As redes sociais também começam a ser utilizadas de forma mais inteligente e já fazem uma saudável parceria com os blogs independentes ampliando a repercussão de material noticioso e opinativo no que se refere principalmente à política nacional e internacional.

Se prestarmos bem a atenção, os jornalões só ficam interessantes quando são pautados pela revista Veja.

Esta é a situação da grande mídia brasileira, apesar do governo do PT ainda não ter aprovado o seu projeto de Controle Social da Mídia.

Cáspite!

NB.: O blog deixou de ser atualizado nesta segunda-feira em decorrência de problemas técnicos do Blogger. EM TEMPO: Como não poderia deixar de ser o problema é no Brasil, com rompimento de cabo submarino que faz conexão com os Estados Unidos. Com Cuba está funcionando bem...

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".