Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

VIDEO 2, Denucia! Pr. Marco Feliciano. DIVULGUE!

 

Published on Sep 25, 2012 by WAPTV Comunicação Comunicação

Neste segundo vídeo da série de denuncias o Pr. Marco Feliciano e outros são convidados a participar de um seminário que tinha por objetivo o combate a homofobia, somente o Deputado Pr. Marco feliciano comparece.

O articulador da fraude disfarçada de seminário não esperava que nenhum Deputado da frente parlamentar Cristã se pronunciasse e convida um suposto pastor para falar.

O suposto pastor chama a Bíblia de mentirosa e critica povo cristão.

O seminário disfarçado por falsos moralismos promove intolerância religiosa, o Deputado Federal Pr. Marco Feliciano que foi convidado a estar ali usa da palavra com responsabilidade deixando claro a nossa posição em prol da família e do fundamento da vida.

No próximo vídeo mostraremos o show de baixarias e falta de respeito com a vida, com a religião e fé, e pior, tudo isto financiado com dinheiro publico.

 

__________________________

 

Aqui o VÍDEO 1:

 

Published on Sep 17, 2012 by WAPTV Comunicação Comunicação

Durante o congresso dos Gideões Missionários da Ultima Hora o Pastor Marco Feliciano faz grandes denuncias.

Vivemos sobre uma nova ditadura moral gay, extremistas querem impor a destruição da família na forma tradicional para iniciar uma guerra contra a igreja, querem fechar templos, queimar Bíblias e proibir toda forma de manifestação contra o pecado com leis que tramitam por força de grupos GLS.

Aborto, casamento Gay, pedofilia e o uso de drogas pode se tornar algo normal sem pena de condenação frente a lei que querem mudar.

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".