Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Vaticano lança rede social para quem 'busca a verdade' sobre o catolicismo

 

IDGNOW

Philip Willan, IDG News Service/Rome Bureau)

24 de setembro de 2012 - 08h30

O site tem seu nome originado da palavra grega para “verdade”, e visa "fornecer informações confiáveis para pessoas que procuram a verdade sobre a religião cristã"


Notícias Relacionadas

Uma startup italiana apoiada pelo Vaticano lançou um portal global para sites católicos. Objetivo é "fornecer informações confiáveis para pessoas que procuram a verdade sobre a religião cristã", diz a empresa.

O site, www.aleteia.org, tem seu nome originado da palavra grega para “verdade”, e visa "dar magnitude crítica às mídias sociais católicas que, de outra forma, correm o risco de se perder no burburinho da web". "Mais de mil parceiros já aderiram e muitos mais estão expressando seu apoio", disse Jesus Colina,  jornalista espanhol presidente da nova empresa, a repórteres, em uma conferência de imprensa em Roma.

O site incentiva as pessoas a "buscar a verdade: faça sua própria pergunta" e compartilhar histórias em outras mídias sociais clicando em um ícone de peixe - que era um símbolo tradicional de Jesus Cristo na igreja primitiva - em um gesto semelhante ao "curtir" do Facebook. A plataforma está disponível inicialmente em seis idiomas - italiano, inglês, francês, português, espanhol e árabe - e tem uma equipe de 45 pessoas, com escritórios em Roma, Washington e Paris.

Um conselho editorial internacional de cerca de 200 membros inclui o inventor do aplicativo iBreviary - que permite que os fiéis encontrem textos sagrados no iPhone – e o sacerdote italiano Padre Paolo Padrini - que irá garantir que o conteúdo do site seja canonicamente apropriado.

"Atualmente há 55 milhões de buscas por mês, em inglês, para a palavra 'Deus'”, disse Colina em entrevista à Rádio Vaticano. "Mas o que as pessoas encontram? Sites católicos que não estão bem representados. Queremos que as pérolas que os sites católicos geram todos os dias apareçam nas primeiras posições do Google e de outras ferramentas de busca."

Colina disse que sites católicos devem ver o Aleteia como um megafone que lhes dará maior visibilidade na Internet. Os defensores apontam que uma pesquisa no Google por "peregrinação" provavelmente resultará em respostas dirigidas aos muçulmanos, enquanto "religião" ou "oração" irá levar a respostas de crenças rivais como a cientologia ou os mórmons, que estão melhor representados na rede, mas possuem menos adeptos do que o 1,2 bilhão de seguidores da Igreja Católica.

A iniciativa é apoiada pela Fundação para a Evangelização por meio da Mídia, uma organização com sede em Roma que procura implementar convites do Papa Bento XVI aos fiéis para proclamar o evangelho no "continente digital". Ela também tem o apoio dos departamentos do Vaticano responsáveis pela "nova evangelização" e mídias sociais.

O empreendimento será feito por uma nova plataforma de publicidade prestando anúncios “católico-aprovados” para sites da religião que tenham medo de ser associados com conteúdo sexual inadequado ou "falsos" grupos religiosos. Ambas as plataformas, AdEthic e o site Aleteia. serão executadas por um ex-gerente do Google Itália, Andrea Salvati.

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".