Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Convite para o lançamento do Livro Psicose Ambientalista – Os bastidores do Eco-terrorismo para implantar uma religião ecológica, igualitária e anti cristã

 

 

Não perca o lançamento do livro: Psicose Ambientalista e entenda as reais intenções do Novo Código Florestal

 

Alex,

Chegou a hora de você saber toda a verdade oculta do novo Código Florestal e do Ecoterrorismo.

Algo que você não verá nos grandes veículos de comunicação, pois esses dados não são divulgados na grande imprensa.

Obtenha mais informações, aqui!

Você está convidado a conhecer essas revelações em primeira mão.

No dia 2 de outubro, às 19h, no Nacional Club (confira endereço abaixo), o príncipe Dom Bertrand de Orléans e Bragança lançará o livro:

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

“Psicose Ambientalista - Os bastidores do ecoterrorismo para implantar uma “religião” ecológica, igualitária e anticristã”.

Veja aqui como participar!

No evento, além de poder adquirir a obra autografada, você terá a oportunidade de assistir uma palestra do bisneto da Princesa Isabel, onde ele contará os motivos que o levaram a escrever o livro.

Além da ilustre presença, notáveis profissionais das mais diversas áreas mostrarão o que está por trás da chamada “bandeira ecológica”.

Alex, o Novo Código Florestal, sob o pretexto de salvar a natureza, na verdade, viola o direito de propriedade, cerceia a produção agropecuária e impõe limites ao legítimo progresso econômico.

Essas são as reais intenções daqueles que se travestem de “verde” na tentativa de perseguir sua meta última de demolição do que ainda resta de civilização cristã.

Para cumprir este objetivo, eles criam mitos como...

Aquecimento global, buraco na camada de ozônio, efeito estufa, entre outros.

Precisamos estar atentos para tudo isso!

Não perca esta oportunidade única!

Lançamento do livro “Psicose Ambientalista”
Data: 02 de outubro, às 19 horas
Local: Nacional Club – Rua Angatuba, nº 703, Pacaembu/SP
Dúvidas: (11) 3871-0008

Mais informações, aqui!

Atenciosamente,

assinatura
Mario Navarro da Costa
Diretor de Campanhas do
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br

PS: Estacionamento pago no local. Todos poderão conhecer pessoalmente o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Bragança e participar do coquetel que será servido na ocasião.

Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".