Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

PayPal envolvido em atividade criminosa

JULIO SEVERO
7 de fevereiro de 2012

Julio Severo
WND, que considero ser o melhor site conservador do mundo, teve uma manchete explosiva ontem: PayPal envolvido em fraude bancária, cuja tradução está no final deste artigo.
Quem diria: o PayPal, que agiu contra mim sem nenhuma culpa da minha parte, agora se torna foco de um escândalo de lavagem de dinheiro.
Don Hank, dono do site Laigle’s Forum, assim se pronunciou sobre a notícia do WND: “Agora ligue essa notícia ao modo cruel como o PayPal recusou serviço para Julio Severo porque o site dele se opõe ao ‘casamento’ gay, e você poderá ver como as agendas radicais e sua implementação são realmente o sintoma de uma mentalidade criminosa muito mais profunda de mentiras. É um capitalismo criminoso ligado a um governo criminoso (que nada fez para proteger Julio), um potente coquetel de corrupção política”.
No meu caso, a conduta hostil do PayPal ocorreu depois da conduta suspeita de duas grandes organizações gays dos EUA.
Em 21 de agosto de 2011, a Campanha de Direitos Humanos foi apanhada visitando meu blog num registro de visitas. Essa é a organização homossexual mais forte dos EUA. Nos dias seguintes, AllOut (Tudo Fora do Armário), uma organização gay que recebe muitos financiamentos, lançou uma campanha de abaixo-assinado online para que o PayPal fechasse as contas de 10 organizações pró-família. Ainda que eu não seja uma organização, meu nome foi incluído nessa campanha gay internacional, e minha conta foi fechada.
O caso do PayPal, com destaque para minha situação, foi amplamente coberto pela mídia cristã dos EUA. Confira uma das reportagens de vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=oZ8fzSkiB5A

WND fez também uma longa reportagem sobre o caso, cuja tradução está aqui: http://juliosevero.blogspot.com/2011/09/paypal-coloca-escritor-cristao-na-lista.html
Em dezembro, o PayPal fechou minha conta definitivamente. Para mim, o PayPal explicou que estou desqualificado para receber doações de meus amigos e leitores porque “você não é uma organização registrada sem fins lucrativos”. Para AllOut, o PayPal explicou que fechou minha conta porque “Levamos muito a sério quaisquer casos em que um usuário incitou ódio, violência ou intolerância por causa da orientação sexual de uma pessoa”.
Agora, não posso mais receber doações de meus amigos por meio do PayPal.
Numa classificação dos dez maiores ataques aos cristãos em 2011, a Comissão Anti-Difamação de Cristãos, com sede nos EUA, classificoua pressão gay sobre o PayPal como quarto maior ataque anticristão de 2011, conforme saiu na revista Charisma.
Agora, veja só a cara e as mãos sujas da empresa que agiu contra mim por incitação de uma grande organização gay dos EUA. Para ler a reportagem completa, siga o link em inglês:

PayPal envolvido em fraude bancária

Alegado esquema de lavagem de dinheiro por parte da gigantesca empresa de transações financeiras envolveu bilhões
Jerome R. Corsi
NOVA IORQUE — Um ex-funcionário de um dos maiores bancos financeiros do mundo alega que a gigantesca empresa de internet PayPal está envolvida num esquema internacional de lavagem de dinheiro envolvendo centenas de bilhões de dólares. Ele forneceu para WND 1.000 páginas de evidências.
O denunciante, John Cruz, era um gerente de relações da região sul de Nova Iorque do banco HSBC, que tem sua sede internacional em Londres.
“Descobri muitas contas onde o PayPal era usado como canal mediante o qual centenas de milhares de dólares eram depositados ou retirados das contas de clientes do HSBC num padrão de transações suspeitas que deveriam ser denunciadas às autoridades legais sob vários estatutos bancários, inclusive a Lei do Patriotismo”, Cruz disse para o WND. (Traduzido por Julio Severo do artigo de WND: “PayPal, American Express implicated in bank fraud”)
Versão em inglês deste artigo: PayPal implicated in criminal activity

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".