Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

True Outspeak - 25 de janeiro de 2012

MÍDIA SEM MÁSCARA
ESCRITO POR EDITORIA MSM | 26 JANEIRO 2012
TRUE OUTSPEAK




Notícias comentadas no programa
"Queda-de-braço", artigo de Olavo de Carvalho
Elegibilidade de Obama é desafiada em dois novos estados
Obama recorre contra intimação à audiência sobre elegibilidade
Agentes da operação Fast and Furious direcionam acusações contra o xerife Arpaio
Ex-assessor de Obama foi preso por falsificação de documento oficial
Juan Manuel Santos quer negociar com as Farc
Nova lei permite visita íntima para adolescentes presos
Obama doa apenas 1% de sua renda à caridade
René Guénon e monsenhor Lefebvre
Cesare Battisti vai ao encontro de Tarso Genro
As feministas da Fox News
Obama discursa no Congresso e diz criou milhões de empregos
Professor criacionista está preso há 5 anos

Notícias não comentadas no programa
Soros: Occupy ficará violenta
Obama ordena a católicos que ajam contra a própria fé
Caso Carpeaux: Procuradoria da República do DF recebe denúncia contra assessor de Sarney
Arcebispo chama Obama de violador habitual da Constituição
Sanções contra o Irã: países passarão a comprar petróleo com ouro
Destruindo a América negando acesso à energia
Decisão de Obama a rejeitar construção de oleoduto pode levar canadenses a especialistas chineses
A nova missão do FBI: monitorar cristãos
Príncipe herdeiro do Kwait se converte ao cristianismo: “a Bíblia me levou para o caminho certo”
Embaixador brasileiro apoia Ahmadinejad
MST treina ‘exército’ para a luta no Pinheirinho, em São José dos Campos
O tiro do Papa em Obama
A Fraternidade São Pio X e os Esotéricos
Projeto regulamenta profissão de filósofo
Michael Dummett (1925-2011)
Economist critica “capitalismo de Estado” do Brasil e de outros emergentes
A ascendência do capitalismo estatal
Michael Dummett (1925-2011)

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".