Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Rev. Peterson: Obama “agindo estupidamente” no caso Trayvon Martin

 

JULIO SEVERO

28 de março de 2012

LOS ANGELES, Califórnia, EUA, 27 de março de 2012 (Christian Newswire) — Enquanto os líderes negros nos EUA estão demonstrando indignação com relação à morte do adolescente de 17 anos Trayvon Martin, o presidente Barack Obama também se pronunciou sobre a caso, chamando-o de tragédia, pedindo a cooperação entre as polícias e declarando que é necessário que o país faça um “exame de consciência”. Obama afirmou também: “se eu tivesse um filho, ele se pareceria com Trayvon”. O Rev. Jesse Lee Peterson, fundador e presidente da organização BOND Action, declarou que o presidente “agiu estupidamente” em suas declarações.

Rev. Jesse Lee Peterson: Obama “agiu estupidamente”

“O presidente Obama está agindo estupidamente ao fazer declarações precocemente, sem saber os fatos” disse o Rev. Peterson. “Os comentários de Obama sustentam o que os líderes racistas negros vêm alegando, que Trayvon Martin foi baleado em razão de sua raça, mas novas provas contradizem essa teoria. E ao dizer que os americanos precisam de um ”exame de consciência”, Barack Obama está insinuando que somos uma nação de racistas. O presidente ainda faz comentários insistentes sobre raça e sobre a polícia, mesmo após o embaraçoso incidente de 2009, quando alegou falsamente que a ‘polícia de Cambridge havia agido estupidamente’ na prisão de seu amigo, o professor de Harvard Henry Louis Gates Jr.", afirma o Rev. Peterson.

De acordo com os jornais Orlando Sentinel e The Miami Herald, Trayvon Martin parece ter sido o agressor e presumidamente atacou George Zimmerman, quebrando seu nariz e espancando sua cabeça repetidamente. Martin também havia sido suspenso da escola várias vezes, recentemente após ter sido pego com um pequeno pacote de maconha vazio. As escolas de Miami possuem uma política de tolerância zero com relação à posse de drogas.

O Rev. Peterson disse ainda: “Esse presidente está reforçando novamente a mentira de que a polícia e a maioria dos brancos são racistas”. E acrescentou: “Considerando sua história com o Rev. Jeremiah Wright, Jr. e o professor racista Derrick Bell, não é surpresa que Obama enxergue tudo sob o prisma da raça. Os americanos precisam de um presidente que nos una com base da verdade, em vez de nos dividir com mentiras”.

A BOND Action é uma organização cultural dos EUA que existe para educar, motivar e reunir os americanos em torno de um maior envolvimento nos assuntos morais e políticos que ameaçam os EUA: www.bondaction.org

Traduzido por Luis Gustavo Gentil do artigo do Christian Newswire: “Rev. Peterson: Obama 'Acting Stupidly' in Trayvon Martin Case

Fonte: www.juliosevero.com

Racismo nas igrejas evangélicas negras dos EUA

Estado controlador: governo inglês junta base de dados de crianças de 3 anos de idade que são “homofóbicas” e “racistas”

Pastor que incentivou criminoso arrependido a se entregar para a polícia cai na teia das leis anti-discriminação

Duas igrejas evangélicas bastante diferentes

Pregadores negros estão adorando o messias errado

Charlatanismo racista

A hipocrisia esquerdista do Congresso Nacional Africano

Entre o crime e a mentira

Evangélico Walter Williams é entrevistado pela revista Veja

O racismo de Karl Marx

O presidente mais hostil à Bíblia que os EUA já tiveram…

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".