Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Advogados presos com traficante Nem são poderosos, e um deles é Cônsul SIM, revela site

RICARDO GAMA
sexta-feira, 11 de novembro de 2011


BOMBA !

EXCLUSIVO DO BLOG RICARDO GAMA !
Algo de podre no ar....
Três advogados foram presos junto com o traficante Nem da Favela da Rocinha, foram acusados de subronaros policiais, e de ajudarem o bandido a fugir.
Os advogados PRESOS são:
André Luiz Soares Cruz (disse ser cônsul honorário do Congo)
Demóstenes Armando Dantas Cruz (disse ser funcionário do consulado)
Luiz Carlos Cavalcante Azenha.
Vejam a postagem no meu blog (clique aqui e leia).


Os advogados PRESOS com o traficante nem parecem ser muito influentes e poderosos, inclusive, o Dr. 
AndréLuiz Soares Cruz é apresentado como advogado e "Cônsul com representação diplomática na Cidade do Rio de janeiro", conforme o site (abaixo) do Conselho Nacional dos Peritos da República Federativa do Brasil, em solenidade realizda em 18 de maio deste ano.

A questão é, quem realmente é o Dr. André Luiz Soares, ele é "Cônsul" ou não ?

A polícia disse que não, mas o site abaixo diz que sim, e aí ?
Será que o Dr. André Luiz Soares já se passava por "cônsul" há muito tempo ?

Acredito que a grande imprensa e a polícia deveriam investigar com mais calma esses detalhes, e verem quem realmente são as pessoas que davam proteção ao traficante Nem da Favela da Rocinha.

Mais um detalhe, na foto do jornal o Dia acima, parece que o advogado PRESO é outro, comparem com a foto abaixo.

Outro detalhe mais interessante, é que os dois advogados presos parecem que eram muito próximo do Dr.Jovenal da Silva Alcântara Assessor Especial do Governador Sérgio Cabral.

E aí ???
Quem são as pessoas que realmente protegiam o traficante Nem ???

O comentário dessa e de outras matérias você poderá ver ao vivo no blog às 22:30 horas, ou no meu canal noyoutube (clique aqui).

Reprodução do site do Conselho Nacional dos Peritos Judiciais da República Federativa do Brasil

.
.
Na primeira seta (esquerda) vermelha o advogado Dr. Demóstenes Cruz, e na segunda seta (direita) o Dr. André Luiz Soares o "cônsul", clique na i,magem para AMPLIAR.


CONPEJ realizou no dia 18 de maio a sua já tradicional cerimônia de entrega dos certificados aos alunos que concluíram os cursos Periciais nos últimos meses, tanto na modalidade "Presencial" como EaDcom a presença de diversas autoridades e personalidades do executivo e do judiciário, tendo como homenageado especial o Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de janeiro Exmo. Dr. Reinaldo Pinto Alberto Filho que recebeu a Moção da Ordem do Mérito Pericial pelos relevantes serviços prestados na defesa da atividade pericial e do aprimoramento profissional dos peritos, através de seu brilhante livro “ da Perícia ao Perito” e que a pós a cerimônia nos deu a honra de autografar diversos exemplares para os peritos presentes.

Desembagador Reinado Pinto Alberto Filho fez um discurso enaltecendo a atividade pericial e salientando o verdadeiro valor dos peritos que se dedicam ao oficio de auxiliares do juízo doando o seu conhecimentotecnico e cientifico ao esclarecimento da verdade. Estiveram também presentes a mesa como convidados especiais: o Dr. Jovenal da Silva Alcântara Assessor Especial do Governador do Estado do Rio de Janeiro, Dr. Cláudio Jorge Diretor da Fazenda Publica, Dr. Marcos de Oliveira Siliprandi Diretor de Identificação Civil doDetran, Dr. Roberto Barbosa Delegado de Policia Federal, Dr. Julio César Valente Trancoso Presidente do Clube de Assistência aos Servidores Públicos, Dr. Demonstenes Cruz Advogado e Diretor do Conpej, que nos abrilhantou com suas bem elaborados palavras e Dr. André Luiz Soares Cruz Advogado e Cônsul com representação diplomática na Cidade do Rio de janeiro

Após a entrega de certificados foi servido para todos os convidados e formandos presentes, um coquetel deconfraternização onde todos puderam se relacionar, aumentando o seu circulo de amizades e divulgado os seus trabalhos, num clima de companheirismo e descontração.

Parabéns a todos os formados neste ciclo e nossos mais sinceros votos de realizações profissionais !

Diretoria Conpej

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".