Loja OLAVETTES: produtos Olavo de Carvalho

Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro concede Medalha Tiradentes a Olavo de Carvalho. Aqui.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

SignatariosBR: ensino religioso nas escolas




Enviado por  em 10/02/2012
signatariosbr

Canais envolvidos no debate deste dia:

http://www.youtube.com/user/BoraFalar (Wilma)
http://www.youtube.com/user/CaioShindoSouto (Caio)
http://www.youtube.com/user/CasandoOVerbo (Jayson)
http://www.youtube.com/user/CavaleirodoTemplobr (Alex)
http://www.youtube.com/user/EduHighway (Eduardo)
http://www.youtube.com/user/ateuinforma (Ivo Pedro - Não é signatário)

O debate só foi possível com o seguinte acordo:

TRATADO DE PAZ E UNIÃO NO YOUTUBE BRASIL
(versão feita adaptada por Alex do canalhttp://wwwyoutube.com/videoscanalverdades e Duff do canalhttp://www.youtube.com/nbinario)
(Versões originais: Jayson Rosa e Willian Michel Shneider).
O presente tratado é firmado a fim de formar uma união no espaço virtual (um grupo) visando
alcançar tranqüilidade interna e o bem-estar geral dos signatários e da comunidade que o cerca, e
também com o objetivo de aumentar o número de debates no campo das idéias no Youtube Brasil. Os
Signatários devem promover a justiça, a defesa comum e principalmente o inegável direito Liberdade
de Expressão e pensamento da comunidade. Além de promover a liberdade de expressão os signatários
devem evitar ao máximo a interferência dos poderes já estabelecidos fora do mundo virtual.
1 -- Todo aquele que se comprometer a honrar este tratado, será daqui por diante considerado um
signatário do mesmo, tendo a obrigação de por honra, palavra, respeito para com os demais e para com
a própria consciência de em todo vídeo gravado, buscar o cumprimento dos objetivos deste tratado; É
considerado que todo signatário tenha lido este tratado!
2 -- Todo signatário tem por objetivo a pacificação no Youtube Brasil, de forma que a liberdade de
expressão seja aplicada dentro da lei nacional brasileira com especial respeito as diretrizes do Youtube,
bem como à honra, à imagem, ao nome e aos sentimentos das pessoas;
3 -- Todo signatário deste tratado se compromete a respeitar os demais signatários, e não se atacarem
mutuamente no campo pessoal, especialmente para que não haja a prática dos crimes de calúnia, injúria
e difamação. Além de evitar ao máximo atacar outros membros da comunidade que cerca o grupo de
signatários levando assim a pacificação alem das fronteiras que cercam os que aderiram ao tratado;
4 -- O signatário não poderá utilizar imagem, som ou criação de outro signatário sem que este
expressamente o autorize;
5 -- Todo signatário deve comprometer-se livremente a buscar novas pessoas que convivam no seu
mesmo espaço virtual, visando que os mesmos possam se tornar novos signatários;
6 -- Eventuais divergências na interpretação e compreensão deste TRATADO, serão resolvidas pelos
signatários na forma de uma votação democrática e justa por meio de uma ferramenta virtual;
7 -- A liberdade de expressão é direito inviolável dentro de qualquer canal de comunicação, mesmo
assim todo signatário, em nome do bom senso, deve comprometer-se por livre espontânea vontade se
comportar em relação a religiosos, a filosofia de vida, a crença, a descrença ou o pensamento alheio,
buscando evitar o uso de ataques pessoais, distorção de conceitos e generalizações durante um debate.
Desavenças pessoais não devem interferir no debate!
Belford Roxo -- Rio de Janeiro
01 de Fevereiro de 2012

Nenhum comentário:

wibiya widget

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".